Publicidade
Domingo, 24 de Setembro de 2017
Descrição do tempo
  • 24º C
  • 19º C

Família cria 18 sabores de geladinhos gourmet em Florianópolis

O Cai Bem Geladinho tem sabores, como Ninho com Nutella, Torta de Limão e alcoólicos

Karin Barros
Florianópolis
07/01/2017 às 14H04
Cai Bem Geladinho - Flavio Tin/ND
Cai Bem Geladinho é produzido por Albeisa de Andrade em casa - Flavio Tin/ND



Tem gente que chama de sacolé, chup chup, din din, mas o jeito mais conhecido parece ser o geladinho. Pelo menos foi esse o resultado da pesquisa feita por Péricles de Andrade Alves, 50, antes de criar a marca Cai Bem Geladinhos Gourmets, de Florianópolis, especializada no produto refrescante que faz sucesso no verão.

Conhecido por ser um doce de fácil manuseio, preparo, e até mesmo de baixo custo, o geladinho de Péricles entrou no mercado em dezembro competindo com os sorvetes e picolés graças às versões gourmets. Dos 500 geladinhos que começaram a produzir por semana, eles devem dobrar a produção para a segunda quinzena do mês.

A ideia veio da mulher de Péricles, a esteticista Albeisa Araújo Cunha de Andrade, 50, que sempre gostou de inventar na cozinha. O casal de João Pessoa, na Paraíba, veio para Florianópolis após o filho Gustavo Araújo Cunha de Andrade, 20, passar para o curso de zootecnia na UFSC (Universidade Federal de Santa Catarina) no segundo semestre de 2016. Antes disso, Péricles, que é engenheiro civil, trabalhava como superintendente do governo do Estado de Palmas (TO).  

Desde julho na Capital, a família vinha elaborando o projeto do geladinho, até que no dia 16 de dezembro os trabalhos saíram do papel e estão ganhando a Grande Florianópolis. Com 18 sabores diferentes, além dos alcoólicos, a família faz entrega em toda a região (com valores de entrega para cada bairro) e atua em eventos particulares com caixas térmicas, e, prevê para abril um carrinho de picolé para circular em festas. 

Cai Bem Geladinho - Flavio Tin/ND
Gustavo e o pai Péricles fazem as entregas na Grande Florianópolis - Flavio Tin/ND


Os sabores da linha fit (iogurte natural com frutas, laranja com frutas e água de coco com frutas), o detox (abacaxi com couve, gengibre e hortelã) e chocolate com ganache, cappuccino, Chicabon e Ninho com Nutella, custam R$ 4. Os de cookie de amendoim, coco, manga, milho verde, manga, mousse de maracujá, tapioca com coco, abacaxi com hortelã e torta de limão sai por R$ 3,50. Um sabor é especial, pois Albeisa fez por lembrar de comer quando era criança, por isso foi nomeado “sabor da infância”. É aquele sacolé azul, com essência de baunilha – o único sem fruta -, e custa R$ 3. Todos têm 100ml, e os para eventos vão com 70ml. Péricles garante que ainda têm outros sabores na manga, que devem ser lançados posteriormente. 

Atualmente, apenas a família faz as vendas do geladinho, mas já há a possibilidade de parcerias com food trucks que demonstram interesse. “Queremos ampliar, mas por ser gourmet, ele é muito cremoso, e não dá para levar em um isopor sem refrigeração adequada com a placa eutética”, explica o empresário. 

Nas redes sociais, a marca está se firmando com o auxílio do filho Felipe, 26, que assessora o Cai Bem direto de Brasília. Por lá, tem chamado a atenção os sabores alcoólicos, de vodca com morango, caipirinha de limão e caipicoco, também por R$ 4. “Temos clientes interessados em encomendar para o casamento no final de 2017”, conta Péricles, que leva provas de cada geladinho para o cliente degustar e escolher.

***O Destino SC reúne dicas para aproveitar a temporada de verão. As atrações são promovidas na RICTV Record, Record News SC, no site RICMais.com.br/destinosc e aqui no ND. Interaja conosco compartilhando nas redes sociais fotos do seu destino preferido com a #DestinoSC. A opção simples e cheia de sabor do Cai Bem Geladinho é aposta certa nos dias quentes de verão.

Para encomendas
Cai Bem Geladinho 48 99145-1103

Publicidade

6 Comentários

Publicidade
Publicidade