Publicidade
Quarta-Feira, 19 de Setembro de 2018
Descrição do tempo
  • 27º C
  • 17º C

Expo Tattoo Floripa reúne artistas de todo país para promover as técnicas do desenho corporal

Evento promove integração entre artistas e público, nesta sexta, sábado e domingo, no Centrosul

Edinara Kley
Florianópolis

Durante três dias Florianópolis será a capital da tattoo. Tatuadores e body piercers de todo Brasil estarão na cidade para a primeira convenção do gênero.  A 1ª Expo Tattoo Floripa pretende promover a integração entre o público e os artistas e premiar os profissionais mais criativos. Quem quiser sair com a sua, basta escolher o gênero, apresentar a ideia e enfrentar a agulha.

Flávio Tin/ND
Magéli Martinez fez a primeira tattoo aos 14 anos

Antes marginalizada, a tatuagem alcança uma popularidade imensurável e ganha cada vez mais adeptos. “É a arte que você pode carregar consigo, além de representar um gosto ou um estilo ela marca um momento da sua vida. Hoje é mais difícil encontrar uma pessoa tatuada do que uma sem tattoo”, comenta Civetta um dos organizadores do evento.

A catarinense Magéli Martinez entrou cedo nesse universo. Aos 14 anos, com autorização dos pais, fez a primeira tattoo. Dez anos depois, com parte do corpo coberto por desenhos, começou a tatuar e hoje, aos 34, é uma especialista na arte da tatuagem e adepta da nova técnica do pontilhismo, que consiste em fazer as sombras com pontinhos de tinta.

“Sempre gostei de desenhar, quando criança fazia desenhos em meu corpo. Depois que fiz a primeira me apaixonei por isso, minha família me apoiou e eu nunca mais parei”, complementa. Magéli vai concorrer no gênero tribal e também será jurada no concurso de “Miss Tattoo”.

A tatuadora destaca que hoje as pessoas têm menos restrição em relação à pintura o que permite aos tatuadores desenvolverem trabalhos únicos. “Antigamente os clientes restringiam muito, mas agora eles têm a cabeça mais aberta e me deixam livre para criar. Antes de fazer um desenho, gosto de conversar com a pessoa, saber o que ela gosta e o que faz e, a partir disso, elaborar um trabalho”, comenta.

Entre tantas possibilidades e novidades, a profissional destaca que a maior busca é por tatuagens que tenha algum significado, como uma frase ou um elemento que remeta à família, por exemplo. “Cada pessoa busca uma estética e cada tatuador um tem um estilo de trabalho,  meu é não usar catálogo, é criar algo que tenha relação com a pessoa que me procura”, completa.

Concursos e workshops

A 1ª Expo Tattoo Floripa terá competições nas categorias comics, fechamento de costas, new school,  old school, oriental, pierncing exótico, portraint, preto e cinza, realismo, tribal e melhor do evento. Haverá ainda worshops com alguns dos mais importantes nomes do segmento, como Marcelo Mordenti, Murilo Oliveira, Monkey, Ronaldo Sampaio e Compadrito Aníbal.

“É um evento competitivo e familiar, criado para mostrar que a tatuagem é algo muito legal e uma arte que só pode ser feita por profissionais, em estúdios legalizados e adequados aos padrões de saúde exigidos”, completa Civetta.

Serviço:

O quê: 1ª Expo Tatoo Floripa
Quando: 8,9 e 10/8, 13h às 22h
Onde: Centrosul, av. Gustavo Richard, 1000, Aterro da Baía Sul, Florianópolis
Quanto: R$ 15 (para um dia), R$ 30 (para os três dias)

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade