Publicidade
Quarta-Feira, 21 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 26º C
  • 17º C

Escritor Adolfo Boos Júnior morre aos 83 anos

Autor era um dos principais ficcionista do Estado

Redação ND
Florianópolis
O escritor Adolfo Boos Júnior morreu no domingo (6), aos 83 anos, no Hospital de Caridade, em Florianópolis. Ele apresentava um quadro de pneumonia, mas “estava bem”, segundo sua mulher, Raquel. Por volta ds 5h30, no entanto, precisou ser internado às pressas e teve uma parada respiratória no hospital. Além da mulher, deixa três filhos. Seu corpo será cremado no Crematório Vaticano, em Balneário Camboriú, nesta segunda-feira (7)
Autor de livros consagrados como “As famílias” (vencedor do Prêmio Virgílio Várzea de Contos em 1980), “Quadrilátero”, romance, “A companheira noturna”, contos (segundo lugar na Bienal Nestlé de Literatura Brasileira em 1986), e “Burabas” (2005), romance ambientado no cenário da guerra do Contestado, Boos Júnior nasceu em Florianópolis, em 1931.
Ele integrou o movimento Sul, que agitou o ambiente cultural da Capital na década de 1950, e participou de inúmeras coletâneas de autores catarinenses.
Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade