Publicidade
Terça-Feira, 22 de Janeiro de 2019
Descrição do tempo
  • 31º C
  • 23º C

Em coprodução com a Argentina, filme "Lua em Sagitário" é rodado em Santa Catarina

Produtora da Capital percorre cidades do Estado para filmar longa-metragem

Marciano Diogo
Florianópolis
Silvio Marchetto/Divulgação/ND
Obra cinematográfica fala sobre amor juvenil


Mais um longa-metragem catarinense está em andamento. A produtora de cinema florianopolitana Plural Filmes começou no último mês a rodar “Lua Em Sagitário”, obra que alia a história de paixão juvenil ao gênero de road movie. As gravações serão finalizadas em janeiro e o filme tem previsão de estreia para julho de 2015.

O longa-metragem conta a história de amor e aventura de um casal de adolescentes, Ana e Murilo, que, apaixonados por rock, sonham em participar de um festival de bandas independentes em Florianópolis, o que os faz fugir de moto para chegar ao destino. Na história, os jovens moram no Oeste de Santa Catarina e percorrem todo o Estado para chegar ao destino. “Cerca de 95% do filme já está gravado, mas finalizamos de fato no próximo mês, porque teremos participações especiais de Serguei e de Elke Maravilha”, conta Adriano Rocha, produtor-executivo da Plural Filmes.

Ao todo, 25 pessoas trabalham na produção técnica de “Lua em Sagitário”, que foi o primeiro projeto audiovisual de Santa Catarina a ganhar o prêmio Ibermedia, programa de estímulo à produção de filmes ibero-americanos. A obra está sendo coproduzida com um estúdio argentino, o Salta Una Rana Cine, que está cedendo parte da equipe técnica para a produção – como técnicos de som e maquiagem. “A Argentina também contribuirá no processo de pós-produção e edição e coloração do filme”, confirma Adriano Rocha.

O elenco do filme, que tem roteiro e direção de Márcia Paraíso, é composto por 14 atores, e a obra é protagonizada pelo jovem Fagundes Emanuel, que já atuou em novelas de televisão, e pela atriz Manuela Campagna, estudante do curso de artes cênicas da Udesc (Universidade Estadual de Santa Catarina).Parte do elenco ficou até a última sexta-feira gravando nos municípios de Dionísio Cerqueira, na fronteira com a Argentina, e em Princesa e Abelardo Luz. “Aí só abrimos as câmeras no próximo mês para filmar as participações especiais e começamos a edição em fevereiro”, conclui o produtor-executivo da Plural Filmes.

Ousadia e disposição
Além das participações especiais de Elke Maravilha e Serguei, o ator franco-argentino Jean Pierre Noher, que já atuou em novelas, também integra o elenco do filme. Pierre dá vida ao personagem LP, dono de um misto de lanhouse, sebo e ponto de encontro dos jovens da pequena cidade de Princesa – é nesse local onde Ana e Murilo se conhecem e a aventura tem início. A atriz catarinense Andrea Buzato, premiada recentemente no Festival de Gramado, também tem papel de destaque como a mãe da protagonista Ana.

O filme “Lua em Sagitário” descortina paisagens do Estado e debate ainda questões sociais e auto-conhecimento. O longa está sendo produzido com uma verba relativamente pequena – cerca de R$ 200 mil, recursos provenientes do prêmio Ibermedia.

A viabilização do filme está sendo possível devido ao empenho de parceiros e apoiadores e pela disponibilidade do parque de equipamentos da própria produtora Plural Filmes, em parceria com o CTAV (Centro Técnico Audiovisual), do Ministério da Cultura.“Quando inscrevemos o projeto no prêmio em 2012 sabíamos da concorrência, o Ibermedia tem países de todo os países latino-americanos. Ganhamos devido ao peso do argumento do roteiro. A história tem profundidade e é de fácil identificação”, conclui Ralf Tambke, diretor de fotografia do filme.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade