Publicidade
Terça-Feira, 13 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 27º C
  • 22º C

Duas artistas de SC têm suas obras expostas na Times Square, em Nova York

Adri Volpi e Ana Rita Videira foram selecionadas no concurso “Art Takes Times Square” e suas obras serão mostradas na "Esquina do Mundo"

Carol Macário
Florianópolis
Divulgação / ND
Arte de Adri Volpi mescla ilustração, pintura e escultura com intervenções urbanas

 

No espaço conhecido como o coração da Broadway, entre as ruas 42 e 44 da Times Square, em Nova York, duas artistas de Santa Catarina irão mostrar ao mundo suas obras. Entre 19h e 22h30 da próxima segunda-feira (18), os trabalhos de Ana Rita Videira e Adri Volpi irão passar nos telões de uma das áreas mais movimentadas do planeta, conhecida como a “esquina do mundo”. Elas foram selecionadas no concurso “Art Takes Times Square”, realizado desde 2007 com o objetivo de apresentar talentos desconhecidos ao público.

Não é a primeira experiência internacional das duas artistas. Adri Volpi, 39, nascida em Curitibanos e com residência fixa atualmente em Blumenau (embora se considere saltitante por desenvolver trabalhos em diferentes partes do mundo), há alguns anos entrou no circuito artístico novaiorquino, onde tem projetos de intervenções urbanas e exposições de suas ilustrações e pinturas. “Em fevereiro lancei minha primeira e atual exposição individual por lá, intitulada ‘Intervenções Urbanas’”, conta. Ainda este ano, essa mostra virá ao Brasil e deve passar por Joinville, Curitiba e São Paulo.

Com temas inspirados nos sentimentos humanos, como alegria, fé e positivismo, Adri desenvolve um trabalho que mescla pintura, ilustração, escultura e, num projeto novo, inclui também o design. Formada em artes pela Udesc (Universidade de Santa Catarina), ingressou no circuito de galerias dos Estados Unidos em 2006. “Sempre mandei meu portfólio para várias galerias do mundo, a primeira a me chamar foi uma em Miami”, lembra.

Votação na Rede

A santista radicada em Joinville Ana Rita Videira também já rodou o mundo. Com um trabalho ligado à arte abstrata, a artista participou de mais de 70 exposições entre mostras coletivas e individuais no Brasil e no exterior. Fora do país, sua obra passou por três instituições de renome em Portugal, além da Mostra Panorama Brasil, em Barcelona; no Salão Grande D’Art Contemporain e Fórum das Artes, em Berlim; e no Salão "Grande Marché D’Art Contemporain", na Place de LaBastille, em Paris.

Para Ana Rita, participar do projeto em Nova York é uma excelente forma de fazer contatos. “Várias pessoas ligadas à arte fizeram comentários em minha página durante a votação para o concurso”, afirma. A classificação das duas foi feita tanto por júri técnico quanto as redes sociais. “Parece pouco, mas são milhares de artistas concorrendo”, ressalta. Depois de campanha ostensiva nas Redes Sociais entre abril e maio, Ana Rita recebeu mais de 170 votos e garantiu a participação na mostra.

 

Rogério Souza Júnior / Divulgação / ND
Ligada à arte abstrata, Ana Rita já expôs fora do Brasil

Saiba mais

O “Art Takes Times Square” foi criado pelos artistas do Brooklyn Jason Goodman e William Etundi Jr. e rapidamente se disseminou pelo mundo. Em cinco edições, a mostra revelou nomes de destaque como o do fotógrafo cego Pete Eckert, que virou tema de reportagem na revista norte-americana “Time” e ganhou um documentário produzido pelo canal fechado HBO. Após essa primeira seleção, um júri irá selecionar um dos artistas para ganhar um prêmio de US$ 10 mil, além de ter suas obras estampadas em outdoors de Nova York.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade