Publicidade
Domingo, 17 de Fevereiro de 2019
Descrição do tempo
  • 27º C
  • 22º C

Conheça a Los Desterros, banda que exalta os ritmos latinos e atrai atenção na Capital

Grupo canta músicas de diferentes regiões da America Latina, como a cumbia, bolero e carimbó

Redação ND
Florianópolis
05/02/2019 às 16H14
Los Desterros - Mhirley Lopes/Divulgação
O sexteto musicial pesquisa ritmos latinos usando como referência a guitarra elétrica e timbres fotrtes dos anos 50 e 60  - Hortência Viera/Divulgação

Ao subir no palco pela primeira vez há dois anos em Florianópolis, os músicos da Los Desterros criaram um conceito musical latino-americano. A mistura de ritmos latinos vindo do som de guitarras, percussão, baixo e voz, busca representar as tradições culturais da América Latina e do Caribe. Com formação de sexteto desde o final do ano passado, o grupo mostra que a música brasileira também é latina.

Leonardo Cattoi e Daniel Postal formaram a banda originalmente como um quarteto instrumental, tocando somente com elementos percussivos. Em 2018, a Los Desterros contava com os músicos Diogo Costa e Alisson Fernandes — agora ex-membro — ganhando também os vocais da cantora Emília Carmona, som do baixo de Chico Abreu e percussão do argentino Emilio Suarez. Com os novos membros houve a ampliação do repertório com forte presença de músicas dançantes.

A Los Desterros não possui ainda gravações em estúdio, tendo o trabalho divulgado através das redes sociais. Enquanto trabalham no processo de composição, o grupo aposta em covers de artistas latinos em seus shows. “A América Latina sempre teve como um dos pontos fortes a musicalidade, recentemente parece que o Brasil começou a enxergar e consumir a música latino-americana, mais artistas têm vindo ao Brasil e festivais com foco em música latina”, conta guitarrista Chico Abreu. 

O projeto foi construído unindo vários gêneros musicais de diferentes regiões da América Latina, como a cumbia colombiana, o festejo peruano, o son cubano, bolero, lambada e o carimbó, dança típica do Norte brasileiro. A composição das músicas vem sendo contruida através da pesquisa que o grupo mantém nas bases do gênero, utilizando como referência a estética da guitarra elétrica e os timbres fortes dos anos 1950 e 1960. Há também a presença do ritmo peruano da chica e das guitarras paraenses, formando uma sonoridade híbrida, marcante para os integrantes da Los Desterros.

Os músicos também se inspiram em artistas contemporâneos como os brasileiros Renata Rosa e Mestre Ambrósio, a chilena Pascuala Ilabaca, a mexicana Natalia Lafoucarde e a cabo verdiana Mayra Andrade. De acordo com o grupo, os novos artistas latinos apresentam diferenças quanto à qualidade de arranjos e gravações, além de inserir instrumentos não tradicionais e tecnológicos nas canções.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade