Publicidade
Segunda-Feira, 24 de Setembro de 2018
Descrição do tempo
  • 28º C
  • 19º C

Concerto da violoncelista Ophélie Gaillard leva a música barroca para dentro da Catedral

Músicos do grupo francês Pulcinella se juntam a ela para um concerto com obras de compositores importantes da França

Carolina Moura
Florianópolis
Divulgação
Repertório é de composições dos séculos 17 e 18, período que recebe a atenção do Pulcinella

 

O som da música barroca francesa vai reverberar nas paredes da Catedral Metropolitana de Florianópolis nesta noite. A violoncelista franco-suíça Ophélie Gaillard se apresenta na igreja com o grupo francês Pulcinella, passando por um repertório dos séculos 17 e 18. O concerto é promovido pela Aliança Francesa e pelo Ministério da Cultura, e tem entrada gratuita, mediante a doação de um quilo de alimento não perecível.

Entre as peças que serão interpretadas estão importantes compositores da França, como Jean-Phillipe Rameau e Marc-Antoine Charpentier, além do franco-italiano Jean-Baptiste Lully, o mais importante mestre de danças da corte francesa, passando a maior parte da vida trabalhando na corte do rei Luís XIV.

Ophélie Gaillard tem um repertório amplo, que vai desde o período Barroco até a contemporaneidade. Em 2003 ela foi eleita a solista instrumental revelação na premiação Victoires de la Musique Classique, prêmio anual da música clássica francesa, e por três anos consecutivos venceu o concurso do Conservatório Nacional de Música e Dança de Paris. O grupo Pulcinella dedica-se à música barroca e às obras-primas do violoncelo. O tenor Emiliano Gonzales-Toro, a violinista Florence Malgoire e o cravista Laurente Stewart são os integrantes que acompanham Ophélie em sua passagem pelo Brasil.

“Ela é atualmente a melhor violoncelista da França, e tivemos a oportunidade de trazer o conjunto inteiro”, diz o diretor da Aliança Francesa de Florianópolis, Fernand Defournier. Logo antes de vir para Florianópolis, Ophélie fez duas apresentações em Porto Alegre — uma sozinha e outra com o grupo Pulcinella, e depois daqui segue para o Rio de Janeiro. No total, já foram mais de dez apresentações no Brasil.

Divulgação
Ophélie é considerada uma das maiores violoncelistas da França hoje

Acesso democrático

O espaço da igreja, apesar de não ser comumente ocupado para apresentações artísticas aqui, é um local adequado e condizente com o contexto da música barroca. Os músicos que se apresentam hoje estão acostumados com esse tipo de ambiente, e encontram nele a acústica adequada para ecoar instrumentos como o cravo. 

Gratuito e em um espaço que é aberto ao público, no Centro da cidade, o concerto também busca levar a música à população. “É uma forma de democratizar a música clássica, que ainda não é um gênero que o publico daqui vai facilmente. Sendo com entrada livre, permite a mais pessoas assistirem um concerto diferente. Dificilmente vemos esse tipo de concerto, sobretudo o violoncelo”, comenta o diretor.

Serviço

O quê: Concerto de música barroca com Ophélie Gaillard e o grupo Pulcinella

Quando: hoje, 20h

Onde: Catedral Metropolitana de Florianópolis, rua Padre Miguelinho, 55, Centro, Florianópolis, tel: 3224-3357

Quanto: gratuito, com a doação de um quilo de alimento não perecível

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade