Publicidade
Sexta-Feira, 14 de Dezembro de 2018
Descrição do tempo
  • 31º C
  • 22º C

Comediante Felipe Neto se apresenta em Florianópolis neste fim de semana

O vlogger, comediante, escritor, empresário, tem mais de 3,5 milhões de seguidores na internet

Marciano Diogo
Florianópolis
Divulgação/ND
Felipe Neto traz o espetáculo “Minha Vida Não Faz Sentido” ao teatro Pedro Ivo

Há cinco anos Felipe Neto, 27, produziu e compartilhou despretensiosamente vídeos bem-humorados para o YouTube. Desde então, a vida do jovem não foi mais a mesma: ele produziu uma série televisiva, escreveu um livro, criou uma produtora, virou empresário, e mais recentemente, montou a peça “Minha Vida Não Faz Sentido”, espetáculo que apresenta em Florianópolis neste fim de semana. 

O motivo para a repercussão nacional do trabalho de Felipe Neto é aparentemente simples: criatividade e bom humor. “Na época eu não imaginava a repercussão tão grande e rápida, em questão de meses fiquei conhecido. Vivemos em um momento de mudança no mundo do entretenimento, o YouTube dá oportunidade para os artistas mostrarem seus trabalhos e possibilita o surgimento de novos formatos”, afirma o comediante, que tem mais de 3,5 milhões de seguidores no canal de vídeos.

Neto conta que quando criou em 2010 o personagem característico que usa óculos escuros, e critica e reclama de tudo o que o incomoda, não esperava a repercussão on-line das produções audiovisuais. “Quando comecei percebi que a interpretação estava mesclando verdades que eu realmente tinha dentro de mim e uma personalidade agressiva que não havia explorado. Foi aí que constatei que o canal ‘Não Faz Sentido!’ poderia virar um espaço em que poderia dizer verdades não ditas”, conta Neto, que foi o criador do primeiro canal de YouTube do Brasil a alcançar a marca de 1 milhão de seguidores, que também já atuou como repórter da TV Record em 2010.

Depois do sucesso dos seus vídeos, Neto criou a sua produtora de vídeos e com ela criou em 2013 a primeira série brasileira da Netflix, canal de TV por internet, “A Toca”. “Foi uma experiência diferente, tivemos bastante liberdade criativa e o resultado foi positivo”, afirma. No mesmo ano o comediante lançou o livro “Não Faz Sentido – Por Trás das Câmeras”. “Tive a ideia de escrever o livro com 23 anos e o fiz ao longo de dois anos. Por essa razão é tão perceptível na obra que compartilhei as histórias com riqueza de detalhes, porque fui escrevendo conforme os fatos foram acontecendo”, observa o comunicador.

O monólogo teatral “Minha Vida Não Faz Sentido”, que foi adaptado das vivências do comunicador, chega pela primeira vez no Sul do Brasil neste fim de semana. “Já apresentamos o espetáculo 22 vezes. É uma peça que traz a trajetória do canal, feita para as pessoas que querem mais que apenas assistir às piadas. É um espetáculo para provocar e fazer as pessoas pensarem, que incita a reflexão”, garante o humorista 

Empreendedor na internet

Com seu talento para produção de conteúdo, Felipe Neto transforma acontecimentos banais do cotidiano em entretenimento. Há dois anos o comediante, que se tornou empresário e fechou uma parceria com o estúdio norte-americano Maker Studios e criou a Paramarker Network, empresa que produz vídeos, agencia, orienta, vende e facilita o pagamento de anúncios veiculados ao YouTube. Atualmente, a Paramarker produz conteúdo para 10 canais, agencia mais de 4.000 canais associados, e emprega diretamente pelo menos 65 funcionários. “Em 2016 vou lançar um segundo livro em que vou narrar os bastidores do surgimento e consolidação da empresa, e o meu canal retorna com frequência no próximo ano com novidades”, adianta Felipe Neto.

Serviço:

• O quê: Peça “Minha Vida Não Faz Sentido”
• Quando: 31/10, 21h, 1/11, 20h
• Onde: Teatro Pedro Ivo, rod. SC-401, Km 5, 4.600, Saco Grande, Florianópolis, tel. 3665-1630
• Quanto: R$ 70,
35 (meia)
• Conheça mais o trabalho de Felipe Neto 

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade