Publicidade
Quarta-Feira, 14 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 30º C
  • 22º C

Começa Festival Varilux, que no ano passado teve Florianópolis entre as cidades com maior público

Mostra traz 14 filmes franceses recentes aos cinemas do Shopping Beiramar, Paradigma e CIC

Redação ND
Florianópolis
Divulgação
"Renoir" é um dos filmes que mostra a temática das artes nesta edição do festival

 

Começa nesta sexta (3) em Florianópolis mais uma edição do Festival Varilux de Cinema Francês, que vai até 16 de maio com 14 filmes na programação. Neste ano o festival será ampliado, com uma semana no Cinespaço Beiramar e Paradigma Cine Arte, como foi no ano passado, e mais uma extra no Cinema do CIC, dando outra chance ao público para assistir aos mesmos filmes.

No ano passado, um total de 3.100 pessoas passaram pelo evento em Florianópolis, colocando cidade em quinto lugar no ranking de público do festival — atrás de São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília e Recife, todas cidades com mais de um milhão de habitantes. “Isso mostra que tem um público amante do cinema francês na cidade”, diz Fernand Defounier, presidente da Aliança Francesa, instituição que promove o festival na Capital. Com a maior duração e mais um cinema incluso, o objetivo dele é que este ano ultrapassemos os 4.000 espectadores.

Hoje haverá uma pré-estreia para convidados com o filme “Adeus, Minha Rainha”, de Benoit Jacquot, sobre a dama de companhia de Maria Antonieta que se recusa a deixá-la quando chega no palácio a notícia da tomada da Bastilha. Na verdade a seleção de filmes deste ano, todos de 2011, 2012 e 2013, evidencia uma tendência aos temas relacionados à história e à cultura. Entre os títulos está “Renoir”, de Gilles Bourdos, que conta o encontro do grande mestre impressionista francês com a jovem Andrée, que lhe dá uma nova energia quando ele sofre com as dores da idadem, em 1915. Outro filme que se passa coincidentemente no mesmo ano é “Camille Claudel 1915”, de Bruno Dumont, que retrata a reclusão da escultora, internada por sua família em um manicômio.

Outro filme que faz referência à cultura francesa é a comédia “Pedalando com Molière”, de Philippe Le Guay, que resgata o trabalho do dramaturgo nos dias atuais, quando um ator recluso recebe o convite de um popular ator de televisão para participar de uma montagem de “O Misantropo”, de Molière. Os dois personagens são interpretados por atores famosos na França, Fabrice Luchini e Lambert Wilson. Nada comparado com Jeanne Moreau, porém, que faz o drama “Uma Dama em Paris”, de Ilmar Raag, no qual interpreta uma senhora da Estônia que mora na capital Francesa.

Serviço

O quê: Festival Varilux de Cinema Francês

Quando: De 2 a 16 de maio

Onde: Cinespaço (Beiramar Shopping, rua Bocaiúva, Centro, Florianópolis tel. 3333-8576), Paradigma Cine Arte (Corporate Park Centro Empresarial, rod. SC-401, 8.600,  Km 8/9, sala 2, bloco 8, Sto Antônio de Lisboa, Florianópolis, tel. 3239- 7777) e Cinema do CIC (CIC, av. Irineu Bornhausen, 5600, Agronômica, Florianópolis, tel. 3953-2391)

Quanto: R$ 17 (R$ 8,50) a R$ 20 (R$ 10) no Cinespaço, R$ 16 (R$ 8) no Paradigma Cine Arte e R$ 15 (R$ 7,50) no Cinema do CIC

Programação da primeira semana em: http://bit.ly/12R6jqw 

(Programação do CIC ainda será divulgada pela organização)

Os filmes:

“Aconteceu em Saint-Tropez”, De Danièle Thompson, com Monica Bellucci, Kad Merad, Éric Elmosnino.  2012 – Comédia – 1h40

“Adeus, minha Rainha”, De Benoît Jacquot, com Léa Seydoux, Diane Kruger, Virginie Ledoyen.  2011 – Drama – 1h44

“Além do arco-íris”, De Agnès Jaoui, com Agathe Bonitzer, Arthur Dupont, Jean-Pierre Bacri  2012 – Comédia - 1h52

“Anos Incríveis”, De Michel Leclerc, avec Félix Moati, Sara Forestier, Eric Elmosnino, Maiwenn, Emmanuelle Béart.  2012 – Comédia – 1h52

“Camille Claudel 1915”, De Bruno Dumont, com Juliette Binoche, Jean-Luc Vincent, Robert Leroy  2012 – Drama – 1h35

“Uma Dama em Paris ”, De Ilmar Raag, com Jeanne Moreau, Laine Magi, Patrick Pineau  2012 – Drama – 1h34

“A datilógrafa”, De Régis Roinsard, com Romain Duris, Déborah François, Bérénice Béjot. 2012 – Comédia - 1h51

“Feito gente grande”, De Carine Tardieu, com Agnès Jaoui, Denis Podalydès, Isabelle Carré  2011 – Comédia – 1h29

“O Homem que ri”, De Jean-Pierre Améris, com Gérard Depardieu, Emmanuelle Seigner, Marc-André Grondin. 2012 – Drama - 1h33

“O menino da floresta”, De Jean-Christophe Dessaint Com as vocês de Jean Reno, Lorant Deutsch, Isabelle Carré e Claude Chabrol 2012 – Animação – 1h35

“Pedalando com Molière”, De Philippe Le Guay, com Fabrice Luchini, Lambert Wilson. 2011 – Comédia – 1h44

 “Prenda-me”, De Jean Paul Lillienfeld, com Sophie Marceau, Miou-Miou, Marc Barbé  2013 – Thriller – 1h39

“Renoir”, De Gilles Bourdos, com Michel Bouquet, Christa Theret, Vincent Rottiers  2012 – Drama – 1h41

“Os sabores do Palácio”, De Christian Vincent, com Catherine Frot, Jean d’Ormesson, Arthur Dupont. 2012 – Comédia – 1h35

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade