Publicidade
Domingo, 18 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 28º C
  • 21º C

Com R$ 15 milhões de investimento, Rumos Itaú Cultural está com inscrições abertas

Edital tem ferramentas de acessibilidade e, alinhado às discussões do meio cultural, tem a perspectiva da diversidade

Dariene Pasternak*
Florianópolis
29/08/2017 às 15H31

Alinhado aos debates presentes e atuais no meio cultural, da diversidade e acessibilidade à descentralização da arte, o Itaú Cultural abriu inscrições nesta terça-feira (29) do programa Rumos. A edição, que celebra 20 anos de um dos maiores editais privados de cultura do país, terá um investimento de em torno de R$ 15 milhões em projetos de arte e cultura e deve contemplar em torno de 100 iniciativas.

A maior novidade desta edição é a acessibilidade. O site de inscrição é compatível com softwares para cegos e pessoas de baixa visão, o regulamento tem vídeos com interpretação em Libras (Língua Brasileira de Sinais) e, inclusive, é possível fazer os projetos em vídeos, também em Libras.

Ana de Fátima Sousa (à esq.), gestora de Comunicação do Itaú Cultural, o bailarino Rui Moreira, da comissão do Rumos 2017-2018, o superintende do instituto Eduardo Saron e a atriz Karla Martins, que integrou a comissão passada, no lançamento do programa - Agência Ophélia/Divulgação/ND
Ana de Fátima Sousa (à esq.), gestora de Comunicação do Itaú Cultural, o bailarino Rui Moreira, da comissão de seleção, o superintendente do instituto Eduardo Saron e a atriz Karla Martins, também da comissão, no lançamento do programa - Agência Ophélia/Divulgação/ND


Para chegar a várias regiões do país, a Caminhada Rumos, que são conversas para esclarecer dúvidas no processo de inscrição, passará por todas as capitais do país de 4 de setembro a 26 de outubro. Florianópolis será visitada em outubro. Para abranger Estados, principalmente do Norte do país, onde é baixo o número de projetos inscritos e aprovados, o programa fará a Caminhada Rumos Escuta, passando por 10 capitais com uma dinâmica de diálogo com gestores culturais, artistas e interessados no edital.

A diversidade é determinante no Programa Rumos, como enfatizou Eduardo Saron, superintendente do Itaú Cultural, no lançamento do programa em São Paulo, na segunda-feira (28). Para tanto, ela já está presente desde a comissão de avaliação, composta na primeira fase por 40 profissionais de vários Estados, representando gêneros, negros, indígenas, entre outros grupos. A Comissão de Seleção consta com 12 profissionais convidados e 10 gerentes do próprio instituto. “O Brasil não tem política para as artes e num momento difícil da cultura, com a Funarte sem clareza de seu papel, a demanda por um edital como esse fica mais relevante”, diz Saron.

“O edital mostra uma cartografia artística-cultural do Brasil. Tem os artistas reconhecidos, mas também jovens artistas. Acaba por revelar um olhar periférico, das beiras”, observou Karla Martins, atriz, produtora e integrante da comissão do Rumos 2015-2016.

De Santa Catarina, a bailarina Jussara Belchior foi contemplada na edição passada com o trabalho
De Santa Catarina, a bailarina Jussara Belchior foi contemplada na edição passada com o trabalho "Peso Bruto" - Cassiana dos Reis Lopes/Divulgação/ND



Inscrições

As inscrições são gratuitas e feitas pelo site rumositaucultural.org.br até 3 de novembro. O resultado será divulgado em 28 de maio de 2018. Não há teto de valores para os orçamentos do projeto e podem ser inscritos trabalhos em qualquer suporte, formato e linguagem.

Nesta quarta-feira (30), abre em São Paulos a exposição “Narrativas do Invisível – Mostra Rumos 2015-2016”, na sede do Instituto (avenida Paulista, 149), que mostra iniciativas contempladas pelo edital passado. De Florianópolis, o trabalho solo em dança de Jussara Belchior “Peso Bruto” terá apresentação novamente em outubro. No trabalho, a bailarina questiona o modelo do corpo feminino e de ser fora do padrão das medidas de uma bailarina. O tema se estende em um  debate também dentro da mostra, que vai até 5 de novembro. No ano passado, dos 12.120 projetos inscritos, 356 (3%) vieram de Santa Catarina.

 

Saiba mais:

Inscrições:  até 3/11, pelo site rumositaucultural.org.br

Investimento: em torno de R$ 15 milhões

Projetos contemplados: em torno de 100 projetos – não há valor mínimo e máximo para os projetos.

Caminhada Rumos: de 4/9 a 26/10 por todas as Capitais do país. Florianópolis está prevista para ocorrer na última semana de outubro

Caminhada Rumos Escuta: Aracajú (SE), Boa Vista (RR), Campo Grande (MS), Cuiabá (MT), Macapá (AP), Maceió (AL), Palmas (TO), Porto Velho (RO), Rio Branco (AC) e Teresina (PI)

Comissão de Seleção: Amir Labaki (jornalista e crítico de cinema, diretor do festival É Tudo Verdade), Arthur de Faria (músico e escritor), Fabiana Moraes (jornalista, professora e pesquisadoras de temas como a invisibilidade de grupos vulneráveis-gays), Felipe de Assis (artista cênico, produtor cultural, pesquisador e curador), Felipe Scovino (professor, crítica de arte e curador independente), Janaina Melo (gerente de educação do Museu de Arte do Rio), Karla Martins (atriz, produtora, gestora pública e contadora de histórias), Kil Abreu (jornalista, crítico e pesquisador de teatro), Marcelino Freire (escritor e criador do evento Balada Literária), Maurício Pereira (músico), Paula Gomes (cineasta) e Rui Moreira (bailarino e coreógrafo).

*A repórter viajou a convite do Itaú Cultural.

 

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade