Publicidade
Sábado, 21 de Outubro de 2017
Descrição do tempo
  • 23º C
  • 19º C

Com pegada norte-americana, seriado de ação "Sem Volta" é a aposta da Record para 2017

Produção, que estreia em janeiro, conta a história de um grupo de montanhistas que se perde em uma aventura

Redação ND
Florianópolis
30/12/2016 às 21H12

À medida que as pessoas revelam quem realmente são não há como retroceder. É essa jornada psicológica, vivida pelos personagens do seriado “Sem Volta”, que dá nome à nova produção da Record TV. Quando um grupo de 11 montanhistas decide escalar a Agulha do Diabo, na Serra dos Órgãos, perto de Teresópolis (RJ), mal imagina que subir os pouco mais de 2 mil metros de altura seria o menor dos problemas. A aventura, cercada de ação, suspense e drama, irá ao ar a partir de quarta-feira (4), às 22h45.

Produção estreia em 4 de janeiro.  Na série, 13 pessoas enfrentam obstáculos climáticos e geográficos, lutando pela sobrevivência - Munir Chatack/ND/Divulgação
Produção estreia em 4 de janeiro. Na série, 13 pessoas enfrentam obstáculos climáticos e geográficos, lutando pela sobrevivência - Munir Chatack/ND/Divulgação


Ao longo dos 13 episódios, o grupo enfrentará obstáculos climáticos e geográficos e testará seus limites físicos, mentais e morais. Os montanhistas, que tem idades entre 16 e 50 anos, presenciarão acidentes e lutarão pela sobrevivência quando uma série de equívocos e uma forte tromba d´água os deixam perdidos.

A produção é uma parceria da Record TV com as produtoras Panrâmica e Chatrone. A ideia do diretor, Edgard Miranda, e do roteirista, Gustavo Lipztein, é transmitir a jornada avassaladora dos personagens através de sequências de grande impacto. “Conseguimos um resultado único, diferente de tudo que já foi feito”, garante o diretor.

Com pegada norte-americana e elementos que tornaram o seriado “Lost” um sucesso, o roteiro de “Sem Volta” foi feito para a televisão, mas traz influências da tela grande. Segundo Miranda, o trailer do filme “O Regresso” foi fundamental para definir a fotografia do projeto. “Tínhamos que fazer algo grandioso, porém com os pés no chão, pois tínhamos um orçamento apertado para o tamanho do projeto”, conta. Ao lado do diretor de fotografia, Ricardo Fujii, Miranda prezou por cenas que exploram os personagens de perto, gravadas com a câmera a cerca de um palmo do rosto dos atores.

A ação, inclusive, vai muito além da ficção. “Sem Volta” contou com uma ousada infraestrutura, que incluiu uma tela de chroma key (fundo azul ou verde que é substituído digitalmente por cenários na pós-produção) de 20m por 40m. Também foram utilizados drones e um helicóptero para a captação de imagens aéreas. A produção contou com 33 atores e mais de 130 profissionais nos bastidores. As gravações duraram três meses e foram realizadas majoritariamente em Teresópolis, com cenas no Rio de Janeiro, Casimiro de Abreu e Petrópolis.

Início com adrenalina

Logos nos primeiros episódios a trama já dita o seu tom, quando o montanhista mais experiente sofre um acidente e morre. Após o guia do grupo quebrar a perna, é preciso que todos se virem sem um líder. Enquanto isso, um dos personagens começa a revelar que decidiu ir à jornada por razões duvidosas. O resgate, mesmo a caminho, é inútil, visto que os socorristas seguem informações equivocadas da localização dos montanhistas.

Elenco

Elenco da série
Elenco da série "Sem Volta", que estreia no dia 4 de janeiro, na Record - Divulgação/ND


Da esquerda para a direita, na primeira linha: Juliana (Camila Rodrigues), Salomão (Ângelo Paes Leme), Inês (Flávia Monteiro), Dogui (Guilherme Dellorto), João (Heitor Martinez), Veredas (Nicola Siri) e Sapo (Gustavo Leão). Na segunda linha: Suzana (Juliana Schalch), Yordi (Silvio Guindane), Claire (Cláudia Mauro), Solis (Roger Gobeth), Lulli (Mariana Molina) e Malena (Rhaisa Batista).

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade