Publicidade
Sexta-Feira, 16 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 26º C
  • 19º C

Coletivo Sêla faz passagem por Florianópolis, celebrando a produção musical feminina

Show ocorrerá nesta quinta-feira e reúne Camila Garófalo, Dandara Manoela com participação de Marissol Mwaba, ReNata SwoBoda, banda La Leuca e DJ BRUM

Da Redação/ND
Florianópolis
21/02/2018 às 15H45

O coletivo paulista Sêla, de mulher na música, terá ação em Florianópolis nesta quinta-feira, pela primeira vez. Em mais uma noite dedicada à produção artística feminina, o palco será o DeRaiz, que celebrará o encontro de Dandara Manoela com participação de Marissol Mwaba, o show enérgico de Renata SwoBoda, as canções do próximo disco de Camila Garófalo (SP) e ainda a apresentação da banda La Leuca. A discotecagem, com line up 100% feminino, fica com a DJ Brum.

Dandara Manoela, de SC, tem sua arte como ferramenta de transformar e representar - Guilherme Meneghelli/divulgação/nd
Dandara Manoela, de SC, tem sua arte como ferramenta de transformar e representar - Guilherme Meneghelli/divulgação/nd



“A seleção que fizemos tenta variar os gêneros musicais tanto pela inclusão mais geral da música local, quanto pela variação do público, que vai por uma atração e acaba conhecendo as outras. A junção mostra para o público que a mulher pode ser aquele som calmo, mas também pode ser quebradeira. A mulher pode ser voz, mas também pode ser instrumento racional, sintetizador e técnica de som”, pontua Vitoria Saiago, produtora local responsável pela organização do evento.

A Sêla, com um ano de existência, realizou seu primeiro festival no Centro Cultural São Paulo e a Mostra SÊLA na Casa Natura Musical, durante a Semana Internacional da Música (SIM SP). Já passaram pelos eventos do coletivo nomes como Maria Gadú, Tiê, Tássia Reis, As Bahias e a Cozinha Mineira, Ana Cañas, Letrux, Luedji Luna, entre outras cantoras e compositoras.

A paulista Camila Garófalo, uma das atrações, apresentará canções do próximo disco - Mari Rosa/Divulgação/ND
A paulista Camila Garófalo, uma das atrações, apresentará canções do próximo disco - Mari Rosa/Divulgação/ND



Movidas pelo grito de que “Música é lugar de mulher”, a proposta é reunir instrumentistas, compositoras e intérpretes mulheres, fomentando e profissionalizando essa cena musical. Toda a produção dos eventos é feito por elas também. “Quando cheguei (de Uberlândia, onde morava), conheci as mulheres da banda La Leuca e juntamos nosso trabalho para começar essa resistência. Me deparei com produções exemplares como Guerrilha Produtora, que conta com a Ju Baratieri, Saravá Cultural Produções que conta com Karina Akashi e outras, além das minas do RAP de Floripa, que ocupam a cidade com suas batalhas. Mas uma coisa sempre ficou muito clara: a necessidade de se agrupar não parte só das produções de Florianópolis. A produção de toda a região é muito importante para reunir forças”, complementa Vitória.

A Sêla passou pelo festival Psicodália durante o Carnaval, em Rio Negrinho, no Norte do Estado, e também faz parada em Curitiba, no espaço Basement...

Serviço:

O quê: SÊLA em Florianópolis
Quando: 22/2, 22h
Onde: DeRaiz - Av. pref. Acácio Garibaldi - em frente as dunas da Joaquina, Florianópolis
Quanto: R$15 até 22h, R$20 após

Programação:
Abertura: Camila Garófalo
Dandara Manoela part. Marissol Mwaba
ReNata SwoBoda
La Leuca
DJ BRUM

Publicidade

1 Comentário

Publicidade
Publicidade