Publicidade
Quarta-Feira, 26 de Setembro de 2018
Descrição do tempo
  • 25º C
  • 19º C

Churrascaria de alto padrão em Florianópolis trabalha com nove tipos de carnes nobres

O Grupo Novo Brasil trouxe referência e funcionários de churrascarias famosas, como NB Steak e Fogo de Chão

Karin Barros
Florianópolis
Daniel Queiroz/ND
O Toro Steak House e Bar serve nove tipos de carnes nobres, além de ter opções de pratos da cozinha italiana e de sobremesas

 

Florianópolis ganha a partir desta semana uma churrascaria de alto padrão. Com nove tipos de carnes nobres, cozinha italiana e sobremesas finas, o Toro Steak House e Bar está localizado na avenida Beira-Mar Norte. O local, um prédio tombado de 1897, abrigou nos últimos dois anos as casas noturnas Cash, Red e Sete, mas também tem no seu histórico o El Divino Clube e o Café Cancún. Ainda sob o comando do Grupo Novo Brasil, o espaço visa atender famílias classe A da região central após uma pesquisa de mercado, que mostrou que churrascarias desse nível eram encontradas apenas no Norte da Ilha ou no Continente.

A casa ganhou reforma sofisticada, comandada pelo arquiteta Tati Iriê. A disposição do local continua a mesma de quando era voltada a jovens baladeiros, porém, o salão principal ganhou cara de restaurante, as janelas, que nunca eram abertas, foram restauradas e agora a luz natural faz parte do conjunto arquitetônico. A parte externa se mantém a mesma, como o lounge na entrada, e as salas ao redor, que viraram sala de espera, loja de carnes, piano bar, cozinha de sobremesas, cozinha italiana e churrasqueira. A capacidade é de 380 pessoas sentadas.As referências para a churrascaria vieram da NB Steak, com filiais em São Paulo e Porto Alegre, e a Fogo de Chão, com filiais em várias cidades da América Latina. Delas também vieram o chefe de carnes, Edson Krafchuk, e o gerente Samuel Rodrigues. Para compor a cozinha italiana e a cozinha de sobremesas, o grupo trouxe profissionais com experiência no famoso Gero Fasano, também de São Paulo e do Rio: Ronaldo Veríssimo e Wesley Morais.

Daniel Queiroz/ND
Sofisticado, salão principal aproveita a luz natural tanto das janelas como de um teto de vidro. Atendimento da casa surpreende

 

O espaço funcionará com o menu degustação, que inclui entradas com cestas de pães e pasteizinhos, saladas de pêra, caprese ou caesar salad, e os acompanhamentos, de arroz, zuchine (abobrinha laminada, empanada e frita), batata e polenta frita e farofa. As carnes, como bife de chorizo, paleta de cordeiro, picanha nobre e galeto, são servidas no estilo de rodízio. O valor por pessoa do menu é de R$ 96, sendo que crianças com menos de seis anos não pagam, e acima de seis anos pagam metade do preço. O chef Edson acredita que o galeto e a costela farão sucesso entre os manezinhos. Para ele, não existe segredo no preparo da carne, basta ter um produto qualidade com bons cortes e um profissional com experiência.

Quem quiser optar pelas massas, pode experimentar o spaguettine ao molho de limão siciliano e camarões, pelo valor de R$ 72, ou ainda a farta lasanha de massa verde fresca à bolonhesa, por R$ 65, entre outros pratos. Entre as sobremesas, tem a tradicional sobremesa francesa à base de creme de leite e ovos com toque de limão, a creme brulée, por R$ 28, e o petit limão com sorvete de creme, a R$ 31.

O Toro tem ainda uma adega com 150 rótulos de 13 países, e capacidade para 800 garrafas. Segundo o sommelier Eduardo Machado, alguns vinhos do local são raros, como o melhor vinho do Brasil, feito na vinícola Miolo, no Rio Grande do Sul, e que é vendido por encomenda, demorando até dois anos para chegar ao cliente. Os valores vão de R$ 60 a R$ 4.500 por garrafa. As caipirinhas custam entre R$ 25 e R$ 35, e tem misturas inusitadas, como rúcula com abacaxi e morango com tomate cereja e manjericão. O local ainda oferece cortes de carnes cruas ou assadas para vender no local.

 

Daniel Queiroz/ND
Petit gateau de limão com sorvete de creme está na carta de sobremesas do chef confeiteiro Wesley Morais

Serviço


O quê: Toro Steak Bar
Onde: avenida Beira-mar Norte, Centro
Quando: de terça a sexta, das 12h às 16h, e das 18h às 23h30; sábado, das 12h às 23h30; domingo, das 12h às 20h

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade