Publicidade
Quinta-Feira, 15 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 27º C
  • 20º C

Chef, escritora e apresentadora Bela Gil fala sobre a conquista da alimentação saudável

Em entrevista, a baiana comenta sobre o livro "Bela Maternidade" e dá sugestões de como adquirir alimentos naturais a preços acessíveis

Gustavo Bruning
Florianópolis
11/05/2018 às 19H22

Foi em busca da saúde do corpo e da mente, praticando yoga, aos 15 anos, que Bela Gil compreendeu as implicações de uma dieta saudável. “Foi aí que decidi mudar a minha alimentação. Quando decidi estudar culinária, já optei por um curso de culinária natural”, conta a baiana. Quinze anos depois, a filha de Gilberto Gil transita das cozinhas para a televisão e do YouTube para as páginas de seus livros. Ela se tornou chef em 2008 e, em 2013, formou-se em Nutrição e Ciência dos Alimentos, em Nova York. Desde então, transformou o amor pela cozinha na constante de sua carreira.

Bela Gil defende que as pessoas não excluam alimentos do cardápio e sim incluam outras opções saudáveis - Anna Fischer/Divulgação/ND
Bela Gil defende que as pessoas não excluam alimentos do cardápio e sim incluam outras opções saudáveis - Anna Fischer/Divulgação/ND


Os anos de estudo da gastronomia não fizeram com que Bela adquirisse uma dieta extrema. “O cardápio vegano não faz parte da minha vida 100%, mas é muito raro eu comer algo animal”, afirma a apresentadora que passou pela Capital em abril. “Não gosto de me rotular ‘vegana’ por uma questão de liberdade. Se em um momento eu quiser consumir peixe ou algo de origem animal, e isso for bom para mim, vou comer.”

Uma técnica associada à baiana é a da substituição de ingredientes para criar versões mais saudáveis de receitas. “Gosto de mostrar alternativas. A pessoa não precisa excluir nada do cardápio dela, mas pode incluir muitas coisas”, explica. “Quanto mais diverso for o seu cardápio, menos excessos você vai cometer. Uma pessoa super carnívora, quando começa a comer mais verduras e legumes, naturalmente vai comer menos carne, o que é um grande avanço”.

As aventuras culinárias da escritora podem surgir a partir de conversas com amigos chefs, pesquisas em livros e viagens pelo mundo. “Mas normalmente essas invenções vêm de momentos de lazer e conversando com a minha filha em casa”, revela.

A prática da substituição também rendeu uma paródia do canal Porta dos Fundos, que originou um meme na internet, em meados de 2015. “Ainda falam bastante sobre [o meme]”, conta. “Acho que isso é algo bom, é uma forma dessa mensagem chegar a pessoas que ela nunca chegaria”, garante.

Agroecologia como bandeira

Uma dificuldade na hora de investir em uma dieta mais saudável pode ser a busca por produtos a preços acessíveis. “Os preços dos orgânicos podem variar de acordo com o lugar onde a gente está. E isso depende da prioridade da alimentação na vida da pessoa”, afirma Bela. Uma sugestão da chef é adquirir legumes e verduras diretamente dos agricultores, prezando por compras coletivas. “Comprar de pequenos agricultores também faz bem para a economia local. Você pode ir a uma feira agroecológica, pegar os contatos e comprar direto deles”, sugere.

Segundo Bela, a maioria das pessoas que relatam ter realizado grandes mudanças na alimentação as fizeram quando ficaram doentes ou durante a gravidez. “Esses são dois acontecimentos que fazem as pessoas repensarem muitas coisas. Muitos pais querem dar uma alimentação mais saudável para os filhos, e por isso repensam o que estão consumindo.” A maternidade, inclusive, é o tema do livro “Bela Maternidade”, que teve lançamento em Florianópolis na Livraria Saraiva. A obra aborda gravidez, parto, amamentação e cuidados com o bebê e com a própria mãe. “Não é um manual. Não estou aqui para apontar e julgar as decisões de ninguém”, diz a autora, que teve o seu segundo filho há dois anos. “No fim de cada capítulo, convido um especialista para falar sobre cada assunto. As pessoas entendem e sabem qual é a minha posição, mas é interessante ouvirem os prós e contras de cada alternativa”, completa.

Publicidade

1 Comentário

Publicidade
Publicidade