Publicidade
Sábado, 17 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 28º C
  • 21º C

Catarina Lins lança o primeiro livro de poesias neste sábado, em Florianópolis

"Parvo Orifício" reúne sete poemas que falam do cotidiano e insights da autora

Karin Barros
Florianópolis
06/01/2017 às 12H59
Catarina Lins - Debora Klempous/Arquivo/ND
Catarina Lins - Debora Klempous/Arquivo/ND



Catarina Lins tem 26 anos e alguns olhares já se voltam à sua literatura. Apaixonada por poesia, ela lança neste sábado, em Florianópolis, o livro “Parvo Orifício”, no Tralharia Bar. A florianopolitana é moradora do Rio de Janeiro e lançou o livro em terras cariocas no ano passado. Esse é oficialmente seu primeiro livro, que conta com sete poemas longos. Ela explica que em 2015 lançou um pré-livro, em uma edição pequena com menos poemas, mas que esse passou a ser a materializações do sonho de poeta.

A jovem nunca foi de escrever poemas. Descobriu o dom ao cursar letras na PUC-Rio. Antes, fazia cinema, e escrevia. no máximo, ensaios e prosas. Foram as aulas em 2014, de poesia contemporânea, que a fez se identificar com a linguagem. “É curioso, quando eu comecei a estudar poesia parece que muita coisa que eu não tinha escrito na vida veio à tona. Tive uma boa produção entre 2015 e 2016”, explica ela, que faz mestrado em poesia contemporânea.

“Parvo Orifício” possui tiragem de 300 exemplares confeccionados manualmente. Além das tradicionais folhas em papel pólen, a edição possui ilustrações da artista Maria Faoro impressas em páginas de papel vegetal e costuradas a mão. Já o prefácio conta com participação do poeta, tradutor e professor Paulo Henriques Britto.

Nele, a autora investiga minúcias do cotidiano ou do mundo maior, mesclando a insights como “não se dirige portão adentro / no colo dos pais / para sempre”.  Para o poeta Carlito Azevedo, “apesar de muito jovem, Catarina Lins já vem angariando o respeito e a admiração de muitos de seus colegas de geração. Sua poesia hesita entre utopia e desencanto, entre o tudo-vai-dar-certo e o olhar de desdém para a máquina do mundo entreaberta e oferecida”.

O evento trará a habitual assinatura de livros e ainda leituras da própria autora e das editoras cariocas Julia Klien, da revista vera k., e Juliana Travassos, do coletivo garupa, editora do livro, apresentando os poemas ao público. Criado em 2014 no Rio de Janeiro, o coletivo editorial Garupa atua independentemente em diversas frentes da literatura e das artes. “Nós fazemos muito isso no Rio, e é dessa forma que fomentamos a literatura, principalmente entre os jovens, criando o diálogo. Descobrimos muita gente da minha geração que escreve assim”, acrescenta.  

Entre os profissionais que a inspiram estão Angélica Freitas (RS), Ana Martins Marques (ES), Carlito Azevedo (RJ), Matilde Campilho e Dira Lopes, ambas de Portugal.  O próximo trabalho já está pronto e deve se chamar “Teatro do mundo”, feito em um único longo poema. “Ele é diferente, ainda estou tentando entender. Talvez são seja publicado em um formato comum”, diz.

Parvo Orifício. De: Catarina Lins. Editora: Garupa. 56 págs. R$ 30 

Serviço

O quê: lançamento do livro "Parvo Orifício", de Catarina Lins
Onde: Talharia, rua Nunes Machado, 104, Centro, Florianópolis
Quando: 7/1, das 17h às 20h
Quanto: gratuito

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade