Publicidade
Quinta-Feira, 22 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 27º C
  • 19º C

Atriz Milena Moraes analisa a sociedade para fazer shows de comédia na Grande Florianópolis

Desinibida e extrovertida, Milena Moraes é sucesso todas as quartas no bairro Kobrasol, em São José, com o stand-up comedy "Só Tudo Isso"

Carol Macário
Florianópolis

 

Rosane Lima / ND
Milena Moraes e seus cílios postiços: toda quarta a atriz está em cartaz com o stand-up comedy "Só Tudo Isso"

 

“Você sentiu o vento soprar quando chegou?”, questiona ela, mostrando vaidosa os enormes cílios postiços. “São tão grandes que a cada piscada produzem um vendaval. Gosto deles porque ficam bem para foto”. Assim começamos a conversa. Atriz, comediante, “standapeira”, produtora cultural e empreendedora, Milena Moraes, 32, pode ser o que quiser. Ela está em cartaz pelo quarto mês consecutivo no bar O Bohêmio, no Kobrasol, em São José, com o Stand-up Comedy “Só Tudo isso”, espetáculo de humor de “cara limpa” em que ela sozinha no palco aborda as mazelas corriqueiras da sociedade de forma cômica.

“O humor vem da identificação”, avalia a atriz. Para compor o show ela nada mais faz do que observar o dia-a-dia das pessoas, o comportamento social e detalhes do 'quotidiano'. “São impressões minhas, coisas que acontecem comigo e com todo mundo. Se digo que tropeço no Centro muita gente vai se identificar e rir”, diz. E conclui: “as mazelas humanas são sempre engraçadas.”

Milena começou no teatro aos 14 anos na sua cidade natal, São Paulo. Veio para Florianópolis aos 18 com uma barraca de camping para tentar o vestibular na Udesc (Universidade de Santa Catarina) e levou oito anos para concluir o curso de artes cênicas. “Na época eu trabalhava no aeroporto”, conta. O emprego lhe rendeu uma de suas personagens favoritas, a Heyde, uma atendente de empresa aérea estressada, e também rendeu o casamento com o tradutor e professor uruguaio Esteban Campanella.

 

 

Rosane Lima / ND
Brincalhona, a atriz adorou a sessão de fotos para o Jornal Notícias do Dia

 

Mulher bonita faz comédia

Quem a conhece tem a sensação de que ela nasceu para ser humorista: é extrovertida e uma “sem-vergonha” confessa. Mas até chegar à profissão de atriz e comediante foi um processo gradual. “Eu achava que nunca poderia fazer comédia”, conta Milena Moraes. A convite do ator Igor Lima, entrou para a trupe do Teatro de Quinta, em 2005, e mergulhou de cabeça nesse universo. Hoje faz vôo solo.

Em shows de stand-up comedy é muito comum a auto-depreciação e mais comum ainda é o estereótipo de que mulher humorista tem que ser feia ou no mínino caricata. “Mas acho que humor não é só isso”, diz, assumindo, ao contrário, a sua beleza. “Não é uma beleza tipo Gisele Bündchen, mas sou linda”, diverte-se. E avisa que sem maquiagem não vai nem mesmo até a padaria.

Atriz empreendedora

O espetáculo “Só Tudo Isso” está em cartaz há quatro meses consecutivos na Grande Florianópolis e esse mérito é exclusivo de Milena Moraes, que cria desde o flyer de divulgação, até o figurino, a assessoria de imprensa e o próprio roteiro do show. “Eu vivo da profissão de atriz desde 2006. O ator tem que aprender a fazer tudo”, afirma.

Serviço

O quê: “Só Tudo Isso”, Stand-up show com Milema Moraes
Quando: todas as quartas-feiras de março (exceto quarta de cinzas, 9/3/2011)
Onde: Bar O Bohêmio, av. Lédio João Martins, 630, Kobrasol, São José, tel. 3034-0346
Quanto: R$ 15 e R$ 10 (antecipado)

Saiba mais: www.milenamoraes-standup.blogspot.com

 

Rosane Lima
Análise Social: Milena e os jogadores de dominó do Centro de Florianópolis
Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade