Publicidade
Quinta-Feira, 15 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 27º C
  • 20º C

Aberto pro balanço

"No Jardim das Delícias". Sociedade Soul vive grande fase

Fábio Bispo
Florianópolis
Divulgação/ND
Formada em 2008, banda colhe frutos de um trabalho sólido

 

O romantismo sacana e malemolente envolvidos no groove são apenas uns dos elementos que compõe o swingado da Sociedade Soul. A trama musical, que elevou o quarteto ilhéu ao cenário mundial com o videoclipe de “Jardim das Delícias”, ainda passa pelas influências dos quadrinhos, artes plásticas, cinema marginal, malandragem, sexo, amor... Uma infinidade de referências, espécie de realidade fantástica presente nas letras. Bebendo direto da fonte original do Funk e dos clássicos do gênero, como Funkadelic, Black Rio e Curtis Mayfield, além, é claro, de Jorge Bem; Tim Maia e do pai do soul, James Brown. A Sociedade Soul possui uma groove contagiante sintonizado com o futuro, mesclando ainda a modernidade da linguagem da música eletrônica com o tempero latino de ritmos como a salsa e o samba. “Estamos sempre abertos pro balanço”, brincam os músicos.

Formada em 2008, por Gustavo Barreto (vocal e guitarra), André FM (bateria), Nego Aurélio (baixo) e Diego Carqueja (teclados), a Sociedade já colhe os frutos do primeiro disco homônimo, lançado em julho deste ano. Na última semana, a banda foi destaque no site Palco MP3, um dos maiores sites do país especializado em música. Mas um dos maiores orgulhos dos músicos foi ver o clipe de “Jardim das Delícias” concorrendo no Anima Mundi 2010 (Festival Internacional de Animação).

O clipe disputou, entre uma das seis animações brasileiras na categoria portfólio. Lado a lado com Coldplay e Gorillaz. “Não esperávamos isso, o retorno que o público tem nos dado está sendo muito bom”, afirma André FM. O clipe, todo em animação, foi inscrito no concurso pelo estúdio Cafundó Estúdio Criativo, onde foi produzido. Na internet, o vídeo já soma mais de 10 mil visualizações nos sites de divulgação da banda. “Pessoas de todos os lugares do mundo estão vendo nosso vídeo, isso que é bacana”, completa Barreto.

“Já somos uma banda de sucesso”

Nas 10 faixas, que compõe o trabalho de estréia da banda, as músicas passeiam entre o Samba, Jazz, Música Eletrônica e Rock ‘n Roll, por exemplo, dialogando com outros estilos musicais sem perder o balanço e a identidade de lugares comuns. O destaque fica por conta dos arranjos e timbres, escolhidos com perícia pelos músicos. “Parece uma salada, mas tem uma unicidade. Buscamos fugir das soluções comuns de composição, explorando exatamente o fora do comum”, explica Barreto. Com o sucesso do videoclipe e boa aceitação do disco na cidade, agora, os músicos buscam romper fronteiras e levarem o show para outros estados. “Queremos divulgar bastante o disco e vender o nosso show para outras regiões”, informa FM.

FM lembra que na abertura do Festival da UFSC, em agosto deste ano, a banda sentiu o calor do público, em torno de oito mil pessoas, cantando junto com a banda as músicas, uma a uma. “O que a gente quer mais? Ver o pessoal vibrando com as nossas composições... Já somos uma banda de sucesso, fazemos o que gostamos e isso é muito bom”, comemora o baterista.

Agenda

Neste sábado, 13 NOV, Sociedade Soul + participação especial da bateria da União da Ilha da Magia, no Vecchio Giorgio, Lagoa da Conceição, a partir das 23h. R$ 20 masculino e R$15 feminino. Sujeito a alteração

Agenda completa da banda está sempre no www.sociedadesoul.com.br

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade