Publicidade
Sábado, 22 de Setembro de 2018
Descrição do tempo
  • 27º C
  • 18º C

Quarta edição do Discotecando no MIS/SC leva atriz Grazi Meyer para as pick ups

Projeto que leva DJs para tocarem acervo musical do museu ocorre nesta sexta-feira (23)

Redação ND
Florianópolis
21/09/2016 às 11H10

A quarta edição do projeto Discotecando no MIS/SC ocorre na sexta-feira (23) e leva a atriz Grazi Meyer para assumir as pick ups dentro do MIS/SC ( Museu da Imagem e do Som). Além de Grazi, que é a primeira mulher a participar do projeto, o DJ Gustavo Monteiro também toca no evento.  Esta edição tem ainda outras novidades: celebra os 10 anos do Clube da Luta, cuja exposição fotográfica segue aberta no Museu, e incentiva a acessibilidade ao fazer parte da Semana Inclusiva da Grande Florianópolis com a participação de bailarinos da Cenarium Escola de Dança e da Grão Cia de Dança, que irão interagir com o público cadeirante que estiver no evento. Para completar, promove a mobilidade disponibilizando uma garagem de bicicletas para os ciclistas deixarem gratuitamente seus veículos em frente ao Centro Integrado de Cultura (CIC).

Atriz e performer Grazi Meyer é a primeira mulher a participar do projeto como DJ - Flávio Tin/ND
Atriz e performer Grazi Meyer é a primeira mulher a participar do projeto como DJ - Flávio Tin/ND


O projeto Discotecando no MIS tem o objetivo de propiciar ao público o acesso ao rico acervo sonoro do museu, em eventos que unem boa música e descontração. As três primeiras edições foram realizadas em julho e outubro de 2015 e em junho de 2016, e contaram com a participação de centenas de pessoas que lotaram o espaço expositivo do MIS.

Sobre os participantes  

Grazi Meyer

Atriz, humorista, DJ e passista de escola de samba. Trocou a pista de dança pela cabine do DJ dez anos atrás, quando descobriu que poderia transformar a balada num lugar que toca todas as músicas que quer ouvir. Há três anos é residente da festa “Brasilidades” em Curitiba e em Floripa tocou em quase todas as festas de quase todas as casas alternativas da cidade. Atuando em São Paulo desde o começo de 2016, é presença frequente na pista da Pilantragi - a mais tradicional festa de música brasileira da cidade - e uma das DJs responsáveis pela animação do final de semana no Bebo Sim. Também já carimbou passaporte nas festas QBeleza, Catuaba, Quarta é Feira com Vinil, em eventos no Espaço Urucum e chegou até Jundiaí, onde botou o povo pra dançar no meio da praça. Seu estilo pode ser definido por algo do tipo “música para bater cabelo, jogar os braços pro alto, cantar junto, sacudir os quadris e ser feliz”.

Gustavo Monteiro

Além de trabalhar na produção , Gustavo Monteiro era o DJ que comandava as festas do Clube da Luta. Usando o codinome Zé Pereira, Gustavo Monteiro embalava o intervalo entre as bandas e finalizava as festas com o tradicional “bailinho do Zé Pereira”.  Hoje, a presença de Gustavo Monteiro é constante nas principais festas do cenário musical alternativo de Florianópolis. 

Cenarium Escola de Dança

A escola de dança dirigida por Aline Menezes está localizada no bairro Itacorubi, em Florianópolis, e reúne em um só espaço, a força da cultura catarinense, proporcionando para seus alunos qualidade de ensino por meio da arte-educação, em um lugar aconchegante e harmonioso. Nos seus 11 anos de história, o objetivo da escola se mantém em atingir um público heterogêneo e oferecer opções para todas as idades e gostos, disponibilizando diversas modalidades de aulas e cursos.

O quê: 4º Discotecando no MIS/SC – DJs Grazi Meyer e Gustavo Monteiro
Quando: 23/09/2016, às 19h
Onde: Espaço expositivo do Museu da Imagem e do Som, Centro Integrado de Cultura (CIC), av. Governador Irineu Bornhausen, 5600, Agronômica, Florianópolis (SC), tel. (48) 3664-2650
Quanto: Gratuito

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade