Publicidade
Quarta-Feira, 26 de Setembro de 2018
Descrição do tempo
  • 25º C
  • 19º C

20ª Edição do projeto Sonora Brasil chega a Florianópolis nesta quarta

Com quatro concertos didáticos, festival recebe bandas de Santa Catarina, Amazonas, Goiás e Bahia

Ian Sell
Florianópolis
13/11/2017 às 11H44

Realizado pelo Sesc, a 20ª edição do Sonora Brasil – maior projeto nacional de circulação musical – chega a Florianópolis nesta quarta (15) com o tema “Bandas de Música: formações e repertórios”. Nesta edição participarão as bandas Corporação Musical Cemadipe, de Goiás, Sociedade Musical União Josefense, de São José (SC), Abandinha, do Amazonas, e o Quinteto de Metais UFBA, da Bahia. São quatro formações distintas, sendo três representando os grupos tradicionais que se apresentam nas ruas e praças e um representando o segmento da música de concerto com repertório inspirado na sonoridade das bandas.

Sociedade Musical União Josefense, representante catarinense no evento - Daniel Barreto/Divulgação/ND
Sociedade Musical União Josefense, representante catarinense no evento - Daniel Barreto/Divulgação/ND


A origem desses grupos é o meio militar e são instituições reconhecidas como formadoras de músicos, responsáveis pela base da educação musical de um grande número de instrumentistas que hoje integram orquestras e conjuntos de câmara no país. “O nosso recorte dá foco principalmente nas marchas, dobrados e religiosas. Tocamos Choro, baião, uma valsa, sempre dentro do repertório tradicional da banda, além de alguns pontos de um repertório contemporâneo, para que consigamos finalizar essa linha histórica do concerto nos dias atuais”, conta o regente da Sociedade Musical União Josefense, Jean Gonçalves.

O Sonora busca apresentar um concerto didático, contando a história das bandas no país através de música e com intervenções dos instrumentistas, contextualizando cada peça, com espetáculos de 1h15 de duração. Participando pela primeira vez do evento o Quinteto de Metais UFBA traz um repertório voltado para a música de concerto. “Visamos algo diversificado, mostrando a importância da banda como divulgadora da música brasileira numa época em que não existia rádio, gravação, além de uma busca a esta sonoridade tradicional na encomenda e adaptações de compositores de um modo geral”, antecipa o participante do grupo Celso Benedito.

Tradicional Quinteto de Metais UFBA, de Salvador - Alessandra Nohvais/Divugação/ND
Tradicional Quinteto de Metais UFBA, de Salvador - Alessandra Nohvais/Divugação/ND


Pela primeira vez em Florianópolis, o grupo Corporação Musical Cemadipe traz 15 dos 65 membros para o espetáculo. A banda faz parte de um projeto social do Colégio Marista na cidade de Aparecida de Goiânia (GO). “Somos um grupo bem jovem tocando canções já consagradas das tradicionais bandas de música e que foram esquecidas com o tempo”, pontua o maestro Rogério Francisco Leite. Além da Capital, o projeto passa por Navegantes, Jaraguá do Sul, Joinville, Laguna, Rio do Sul, Vidal Ramos, Lages e Chapecó. Até o fim de 2017, o Sonora promoverá 420 concertos de música regional brasileira em 108 cidades.

Confira a Programação:

15/11, 20h: Corporação Musical Cemadipe (GO)

16/11, 20h: Sociedade Musical União Josefense (São José/SC)

17/11, 20h: ABandinha (AM)

18/11, 20h: Quinteto de Metais da UFBA (BA)

Serviço:

O quê: 20ª Edição do Sonora Brasil Sesc

Onde:Teatro Sesc Prainha, travessa Siryaco Atherino, 100, Centro, Fpolis

Quando: 15/11, 16/11, 17/11 e 18/11, 20h

Quanto: Gratuito (ingressos distribuídos uma hora antes de cada espetáculo)

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade