Publicidade
Domingo, 18 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 28º C
  • 21º C

Uma via de mão dupla

Sandro Azevedo

Florianópolis - 11/09/2018 16:09

A sociedade, em grande parte, defende o “não voto” ou a renovação política. Há anos que a rejeição dos cidadãos contra os políticos não era tão forte como no atual momento. Entretanto, será que a renovação é a solução ou deveríamos qualificar nosso voto para evitar as surpresas negativas?

Primeiro, devemos ter a consciência de que os políticos que exercem mandatos nada mais são que simples cidadãos, eleitos pelo voto ou pela nossa omissão (branco/nulo e abstenção). Segundo, precisamos mudar a cultura de que “não gosto de política”, “isso não interfere na minha vida”, “tanto faz quem for eleito”. Este é um erro gravíssimo que afeta o futuro de gerações!

A renovação ou o “voto de desprezo” elegeu Tiririca, o palhaço que nos fez de bobo. Este parlamentar está no segundo mandato, apresentou dezenas de projetos com pouca relevância, mas não passou de mero figurante na Câmara dos Deputados. Ano passado, anunciou que não concorreria à reeleição, pois não aceitava o “toma lá, dá cá” e que o sistema não mudaria! Porém, apareceu no programa eleitoral fazendo piada, contrariando o outrora slogam de campanha “pior do que tá, não fica!”.

Não basta clamar por renovação, precisamos buscar a qualificação dos quadros políticos. Temos centenas de candidatos, dentre os quais, muitos exercem um trabalho de gestão contínuo, comprometido com os anseios do eleitor. A internet possibilita ter acesso amplo aos candidatos, basta um pouquinho de vontade e responsabilidade com os
nossos direitos.

Desta forma, renovar nossas atitudes, enquanto eleitores é o instrumento mais adequado para melhorar nosso Estado, nosso país. Ainda há tempo para pesquisar sobre os candidatos e suas propostas. Nesta via de mão dupla, todos são responsáveis pelo que enfrentaremos nos próximos anos, e o nosso voto definirá a qualidade desta estrada. Portanto, cabe a você eleitor, eleger o melhor caminho!

Sandro Azevedo
Sandro Azevedo

Advogado

Publicidade
Publicidade

Envie a sua opinião ou sugestão de reportagem