Publicidade
Quinta-Feira, 20 de Setembro de 2018
Descrição do tempo
  • 23º C
  • 18º C

Vereador é preso com familiares por suspeita de tráfico de drogas em Pinhalzinho

Parlamentar, pai e irmão foram encaminhados à Unidade Prisional Avançada de Maravilha

Redação ND
Florianópolis
14/04/2018 às 18H26

 A Polícia Civil prendeu neste sábado (14) o vereador Adriano Jonatas Dallagnol, o Maninho Dallagnol (PSDB), de Pinhalzinho, pela suspeita de tráfico de drogas. Um irmão do parlamentar, de 25 anos, e seu pai, de 67, também foram presos. 

O mandado de prisão temporária contra Maninho, que tem 31 anos, foi cumprido pela Delegacia de Polícia de Fronteira de Pinhalzinho durante a Operação Retomada. A Justiça também já havia emitido o mandado contra o irmão do vereador. Já seu pai foi preso em flagrante por posse irregular de arma de fogo de uso permitido e de uso restrito. Um quarto homem, de 20 anos, também foi detido por associação para o tráfico de drogas.

Segundo o Delegado Arthur Lopes, que comandou a operação, as prisões são fruto de investigação contra o tráfico de drogas. "Foi apurado nos autos do inquérito policial que os dois irmãos fazem parte de associação criminosa voltada ao tráfico de drogas e distribuíam entorpecentes a outros traficantes”, disse o delegado.

“Outro fato peculiar também apurado é que os investigados tinham grande circulação nos times de futebol da região e comumente vendiam a jogadores, havendo relatos, inclusive, de alguns jogarem partidas sob o efeito da droga", acrescentou.

A operação contou com o apoio das Delegacias de Polícia de Fronteira de Maravilha e de Modelo, do 2° Pelotão de Polícia Militar de Pinhalzinho e do Canil do 2° BPM. Após os procedimentos policiais, os presos foram encaminhados à UPA (Unidade Prisional Avançada) de Maravilha.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade