Publicidade
Terça-Feira, 25 de Setembro de 2018
Descrição do tempo
  • 26º C
  • 18º C

Vendas de iPhone 7 e 7 Plus começam nesta sexta no Brasil por até R$ 4.899

Também começa a ser vendido nesta sexta a nova versão do Apple Watch, que, entre outras mudanças, é resistente a água (até 50 m) e tem GPS integrado

Folha de São Paulo
São Paulo
11/11/2016 às 09H22

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A Apple começa nesta sexta-feira (11) a vender seus novos iPhone 7 e 7 Plus Brasil pela internet e em lojas físicas. Os preços de R$ 3.499 a R$ 4.899 no Brasil, dependendo do modelo.

O modelo mais barato é o iPhone 7 com 32 Gbytes de armazenamento, que custará R$ 3.499; o mais caro é o iPhone 7 Plus com 256 Gbytes, por R$ 4.899.

Novo iPhone 7 - Divulgação/Apple/ND
Novo iPhone 7 - Divulgação/Apple/ND



No aparelho mais básico, o valor representa uma queda de 13% em relação ao modelo anterior, o iPhone 6s de 16 Gbytes, lançado no Brasil há um ano por R$ 3.999. No mesmo período, o dólar caiu 17%, de R$ 3,88 para R$ 3,25. Já o topo de linha de 2015 custava o mesmo, mas tinha metade da capacidade de armazenamento do atual.

Também começa a ser vendido nesta sexta a nova versão do Apple Watch, que, entre outras mudanças, é resistente a água (até 50 m) e tem GPS integrado. Os preços vão de R$ 2.999 a R$ 8.699.

IPHONES

Na comparação entre os dois modelos mais novos, o iPhone 7 Plus, além de uma tela maior (5,5 polegadas contra 4,7 polegadas do iPhone 7), tem mais memória RAM que o irmão e vem com duas câmaras traseiras.

Entre as novidades do iPhone deste ano está que ambos são à prova d'água; por outro lado, os celulares perderam a entrada tradicional de fone de ouvido – é preciso substituir os dispositivos por versões bluetooth ou conectá-los na entrada Lightning, por meio de um adaptador (incluso).

Com os novos iPhones, a Apple espera reverter o declínio nas vendas do seu principal produto e a consequente queda em seu faturamento –a primeira desde 2001. Até setembro, quando fechou seu ano fiscal, a empresa teve receita de US$ 215,6 bilhões (comparável ao PIB do ano passado de Portugal), 8% menos do que nos 12 meses anteriores.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade