Publicidade
Terça-Feira, 25 de Setembro de 2018
Descrição do tempo
  • 26º C
  • 18º C

Vazamento de esgoto em caixa de dispersão chega à praia da Joaquina, em Florianópolis

Liquido fétido entrou pela rede pluvial e corre em direção ao mar desde a semana passada

Michael Gonçalves
Florianópolis
05/03/2018 às 20H09

Desde a semana passada, o vazamento de uma caixa de dispersão da Casan (Companhia Catarinense de Água e Saneamento) está poluindo a praia da Joaquina, no Leste da Ilha, em Florianópolis. A praia é uma das mais visitadas por turistas, que passam pelo líquido fétido e outros dejetos. Um dos mais indignados é o autônomo Rafael Pedro Fernandes, 45, que aluga cadeira e guarda-sol e é obrigado a conviver com a situação diariamente. A Casan informou que mandaria uma equipe ao local nesta terça-feira (6).

Esgoto da Joaquina  - Marco Santiago/ND
Rafael Fernandes é  obrigado a conviver com a situação diariamente - Marco Santiago/ND



Para evitar a contaminação de mais banhistas, os próprios comerciantes da praia improvisaram uma drenagem. “É um absurdo que durante uma temporada de verão tenhamos uma ocorrência desta natureza. Vivemos das belezas naturais e ninguém se preocupa com o saneamento básico. O pior é que tem uma empresa terceirizada da Casan trabalhando a poucos metros e ninguém toma uma providência”, lamentou.

Preferida entre os surfistas, a praia ficou conhecida mundialmente na década de 80 com os vários campeonatos nacionais e mundiais. A beleza natural fez com o autônomo Juliano Pazim, 33, aproveitasse a segunda-feira de sol para tomar um banho de mar com a amiga Tatiana Cortes, 30, que ficaram chocados com o descaso do poder público.

“Infelizmente, a falta de saneamento básico é uma constante em toda a Ilha de Santa Catarina. Temos problemas com a qualidade da água em várias praias. A diferença da Joaquina é porque está em mar aberto e não percebemos a contaminação com tanta intensidade. A cada eleição só escutamos promessas de vereadores e de prefeitos, mas nada sai do papel”, reclamou Juliano.

Esgoto na Joaquina  - Marco Santiago/ND
Juliano Pazim e sua amiga na praia da Joaquina - Marco Santiago/ND



Pior é a situação do comerciante Edson Costa, 59, o Dedinho, que tem uma barraca de alimentos bem próximo à saída da rede pluvial. Isso porque o vazamento está chegando ao mar por essa galeria. “Já fizemos reclamações em vários órgãos e ninguém toma uma providência. O pior é ver as crianças brincando nesta água podre”, desabafou.

Esgoto na Joaquina  - Marco Santiago/ND
Esgoto na praia da Joaquina - Marco Santiago/ND



 

Casan não encontra vazamento, mas deve retornar nesta terça-feira

A assessoria de imprensa da Casan informou que a equipe de operação de esgotos já tinha conhecimento da situação. De acordo com a nota, o intendente da Lagoa da Conceição alertou a Casan na manhã desta segunda.

Assim, a empresa enviou uma equipe ao local, que não identificou nenhum extravasamento nos PVs (Poços de Visita) da rede de coleta tampouco qualquer irregularidade no funcionamento da estação elevatória de esgoto local, que está funcionando normalmente.

Diante da reiteração da reportagem, nova equipe vai voltar ao local ainda nesta segunda à tarde ou, no máximo, terça-feira de manhã, conforme estiver a dinâmica do trabalho, para percorrer a rede da redondeza e ver se verifica alguma irregularidade que justifique a situação.

Esgoto na Joaquina  - Marco Santiago/ND
Para evitar a contaminação de mais banhistas, os próprios comerciantes da praia improvisaram uma drenagem - Marco Santiago/ND



Publicidade

1 Comentário

Publicidade
Publicidade