Publicidade
Sexta-Feira, 21 de Setembro de 2018
Descrição do tempo
  • 25º C
  • 17º C

Último dia de feriadão reúne apaixonados por kitesurf na Lagoa da Conceição

Além dos praticantes do esporte, muita gente aproveitou o calor para passear à beira-mar

Gustavo Bruning
Florianópolis
10/09/2017 às 21H41

Com temperatura máxima de 24°C neste domingo (10), o fim do feriadão em Florianópolis foi propício para atividades ao ar livre. Enquanto cidades do interior de Santa Catarina a temperatura ficou mais alta - Itapiranga chegou a marcar 37°C, a nebulosidade na Grande Florianópolis e no Litoral Norte manteve o clima ameno. De acordo com a Epagri/Ciram, o vento de nordeste foi responsável por trazer parte do calor do Norte.

Com as condições favoráveis, dezenas de praticantes de kitesurf aproveitaram o vento propício dos últimos dias na Ponta das Almas, na Lagoa da Conceição. Entre as diversas pipas coloridas que compunham o céu durante a tarde estava a de Denise Sardá da Luz. A florianopolitana de 42 anos, contou com o apoio do marido e do filho para participar pela primeira vez uma aula de kitesurf. “Eu tinha receio da pipa e das linhas, mas foi mais tranquilo do que imaginei”, explica. Adepta da prática de stand up paddle, Denise viu no feriado mais uma oportunidade para se divertir no mar. “Na quinta-feira (7) fui surfar no Moçambique. Eu levei uns caldos, mas tudo bem”, brinca.

Denise fez sua primeira aula de kitesurf nesse domingo - Flávio Tin/ND
Denise fez sua primeira aula de kitesurf nesse domingo - Flávio Tin/ND



Entre os outros praticantes de kitesurf que ocupavam o espaço da escola GoKite estava o estudante de engenharia elétrica Roger Schemes, 21. O gaúcho, apaixonado pelo esporte há oito anos, planejava ficar no mar “até o vento acabar”. Segundo a co-criadora da GoKite, 40 pessoas que frequentaram o local durante o feriadão. “Os melhores dias foram quinta, sexta e domingo”, afirma. A escola, que funciona há 11 anos, fica aberta todos os dias em que o vento apresenta boas condições, sempre a partir das 12h.

Desde o começo da tarde na Ponta das Almas, a dona de casa Janaína Santiago não devia em energia. Aos 44 anos, ela vê na atividade uma forma de se divertir ao lado do marido. “É um esporte bem radical, em que você movimenta o corpo todo. O mais difícil é controlar a pipa”, garante. “Tem temporadas em que a gente veleja muito, como na primavera. Mas pode acontecer de ficarmos três meses sem o kitesurf”, diz. Quando este é o caso, ela se entrega a outro prazer: andar de roller. Fã de aventuras, Janaína enfrentou um desafio nesse feriado, ao se familiarizar com a prancha de hydrofoil, um modelo diferenciado. “É o meu quinto dia com o hydrofoil, ainda estou aprendendo. É mais perigoso e mais difícil [que o kitesurf], e é algo para quando o vento está mais fraco”, afirma.

Roger aproveitou o feriadão no mar - Flávio Tin/ND
Roger aproveitou o feriadão no mar - Flávio Tin/ND



Último dia para descansar

A combinação da folga do feriado estendido com a temperatura agradável foi o que levou o casal Carolina Gonçalves e Patrick Rodrigues levar o pequeno Matheus, de dois anos, para brincar à beira-mar, em Florianópolis. A família aproveitou o feriado para ajudar na mudança de um parente e, no último dia, optou por um programa mais leve. “Não conseguimos curtir o feriado porque o Patrick trabalhou à noite, então o domingo foi de vir para a praia”, afirma a operadora de telemarketing, que mora em Palhoça. Apesar de ser frequentador da Joaquina, o casal preferiu ir à Lagoa da Conceição para evitar as filas. “Aqui é bom porque sempre tem estacionamento e espaço para o Matheus brincar”, garante Carolina.

 Carolina Gonçalves e Patrick Rodrigues levar o pequeno Matheus para brincar na Lagoa - Flávio Tin/ND
Carolina Gonçalves e Patrick Rodrigues levar o pequeno Matheus para brincar na Lagoa - Flávio Tin/ND



Enquanto a família de Matheus descansava na areia, outro grupo desfrutava de uma caminhada pela Lagoa. Em meio a selfies, a paulista Cléo Goulart, 47, lamentou ter perdido o horário do passeio de barco. Ao lado do marido, o advogado Décio Fernandes, 46, a enfermeira viajou para a Capital catarinense no primeiro dia do feriado para o casamento do sobrinho, no sábado. “Fazia três anos que a gente não vinha pra cá. Andamos pela Beira-Mar e fomos ao Mercado Público, e lá está tudo bem diferente”, destaca Cléo. A dupla almoçou pela Lagoa na companhia da amigas Rose Marie Niess, 46 anos, e de Ana Beatriz Leal, 25.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade