Publicidade
Quinta-Feira, 25 de Maio de 2017
Descrição do tempo
  • 24º C
  • 18º C

Trapiche da praia do bairro João Paulo começa a sair do papel em Florianópolis

Prefeitura lançou o edital de licitação na modalidade concorrência, que terá o prazo final na data limite estabelecida pela União para a devolução de R$ 2,3 milhões do pier

Redação ND
Florianópolis
19/05/2017 às 12H45

Após duas décadas de promessas e de muitas reivindicações, a Associação dos Pescadores Profissionais, Artesanais e Amadores da Praia João Paulo conseguiu que a prefeitura de Florianópolis publicasse o edital de licitação para a construção do trapiche. O edital publicado pela Secretaria de Administração prevê a construção do píer de concreto com 210 metros de extensão, instalação de uma linha de flutuante e iluminação pública.

Orçada em R$ 2,9 milhões, o projeto estava prestes a perder R$ 2,3 milhões, que são recursos do governo federal, se a licitação não fosse publicada até o dia 20 de junho. Aliás, a licitação se encerra, às 14h, do dia 20 de junho.

Projeto do trapiche esperado pela comunidade há duas décadas - PMF/Divulgação/ND
Projeto do trapiche esperado pela comunidade há duas décadas - PMF/Divulgação/ND



O repasse da União, por meio da Caixa Econômica Federal, está assegurado desde novembro de 2015 quando o contrato foi assinado. A prefeitura justifica a demora informando que neste meio tempo foi elaborado o projeto executivo. Além disso, foram obtidas as licenças da SPU (Secretaria de Patrimônio da União), da Capitania dos Portos e da Fatma (Fundação do Meio Ambiente). Mais a aprovação pelo Instituto de Ipuf (Planejamento Urbano de Florianópolis).

Silvani Ferreira, presidente da Associação dos Pescadores Profissionais, Artesanais e Amadores da Praia João Paulo, comemora o lançamento do edital, que será na modalidade concorrência. “Há 15 anos conseguíamos pegar berbigão na praia do João Paulo, mas com o lançamento desordenado de esgoto perdemos a areia pelo lodo. Hoje, vivemos uma situação de saúde pública, porque precisamos enfrentar a lama de esgoto e as embarcações ficam encalhadas”, comentou.

O trapiche terá 3,75 metros de largura e até dois metros de profundidade, dependendo da maré. Já a linha flutuante vai facilitar o embarque e desembarque de pessoas e a carga e descarga dos produtos relativos à pesca.

Publicidade

4 Comentários

  • WESGIO SANTOS
    Isso ai é para o Paulo afonso andar de lancha....será gasto gigante para poucos......Ainda bem que temos um auxiliar de perfeito bom...Pois se o Dario aprovou está aprovado.!!! Temos bom coronéee no poder.....!!! Como é bom ver dinheiro público nestes investimentos, em estádio de futebol e assim vai....
    Frajola Sauro
    To chamando meu filho de 03 anos que entende melhor do que para irmos lá na prefeitura ensinar quem fez esse desenho torto em como traçar um risco reto no paint