Publicidade
Domingo, 18 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 28º C
  • 21º C

Trabalhadores da Comcap fazem paralisação de 24h em Florianópolis

Decisão foi em apoio aos servidores municipais, que estão em greve desde o dia 11 contra o projeto da Prefeitura que sugere a gestão de Organizações Sociais em creches e na UPA Continente

Redação ND
Florianópolis
18/04/2018 às 11H32

Reunidos em assembleia na manhã desta quarta-feira (18), trabalhadores da Comcap (Autarquia de Melhoramentos da Capital) aprovaram uma paralisação de 24 horas. A medida é em apoio aos  servidores municipais de Florianópolis, que estão em greve desde o dia 11 contra o projeto da Prefeitura  que sugere a gestão de Organizações Sociais em creches e na UPA (Unidade de pronto Atendimento) do Continente.

De acordo com o Sintrasem (Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal de Florianópolis), na opinião dos trabalhadores “o projeto das O.S. destrói o serviço público e abre brecha para privatização da Comcap”. Eles também exigem mais investimento da empresa em equipamentos e a resolução do problema com os caminhões quebrados.

A paralisação será realizada até as 7h de quinta-feira (19), quando nova assembleia será realizada entre os trabalhadores da autarquia.

Com a decisão, a direção da Comcap confirma a suspensão dos serviços de coleta de resíduos e limpeza urbana por 24 horas, até a manhã de quinta-feira. A autarquia recomenda que o usuário mantenha os resíduos no depósito temporário do domicílio até que os serviços sejam retomados.

A direção da autarquia esclarece que “todas as reivindicações relativas ao acordo coletivo de trabalho estão sendo cumpridas”. A direção também diz que "a paralisação da Comcap é despropositada , relacionada à votação do projeto Saúde e Creche Já” e que “prejudica o usuário, por isso serão tomadas medidas para descontar o dia parado”.

A Prefeitura de Florianópolis também informou que, caso os trabalhadores da Comcap optem por continuar a greve nesta quinta-feira, o município vai iniciar o processo de contratação de empresa para recolhimento do lixo em Florianópolis. A prefeitura reiterou que "conforme decisão judicial, a greve é ilegal e os custos da empresa de recolhimento será cobrado do sindicato dos servidores municipais".

Em sessão tumultuada na tarde desta terça-feira (17), vereadores da Câmara de Florianópolis aprovaram a tramitação urgentíssima para a matéria das Organizações Sociais enquanto a Justiça determinou o fim da greve. Assim, o projeto entra na pauta da Câmara na sessão desta quarta-feira.

Serviços de Educação e Saúde continuam paralisados

Enquanto o impasse sobre as Organizações Sociais continua entre a Prefeitura e os trabalhadores, serviços de Educação e Saúde seguem com atendimento parcial no município.

Das 88 creches e NEI's de Florianópolis, apenas nove estavam com atendimento normal nesta quarta-feira. Outras 44 estão atendendo parcialmente e 17 estão fechadas, enquanto que 18 unidades não responderam às ligações da prefeitura.

Somente quatro escolas municipais, das 36 existentes em Florianópolis, estão seguindo o calendário normal de aulas. Ao todo, 14 estão atendendo parcialmente e 17 estão fechadas. Uma unidade não atendeu às ligações.

As UPAs Norte e Sul estão com atendimento somente para casos de urgência e emergência. Das 49 unidades de saúde de Florianópolis, somente 21 estão com consulta médica e 29 oferecem o serviço de farmácia. Vacinas estão sendo aplicadas em apenas 17 unidades.

Unidades que estão realizando consulta médica:

Centro, Itacorubi, Trindade, Abraão, capoeiras, Coqueiros, Monte Cristo, Sapé, Vila Aparecida, Canasvieiras, Ingleses, Jurerê, Rio Vermelho, Santo Antônio de Lisboa, Armação, Caieira da Barra do Sul, Campeche, Costa do Pirajubaé, Lagoa da Conceição, Rio Tavares, Tapera.

Unidades com farmácia aberta:

Itacorubi, Monte Serrat, Saco dos Limões, Abraão, Balneário, Capoeiras, Coqueiros, Jardim Atlântico, Sapé, Vila Aparecida, Canasvieiras, Ingleses, Jurerê, Ratones, Rio Vermelho, Saco Grande, Santo Antônio de Lisboa, Vargem Grande, Alto Ribeirão, Armação, Caieira da Barra do Sul, Campeche, Carianos, Costa da Lagoa, Costa do Pirajubaé, Fazenda do Rio Tavares, Lagoa da Conceição, Pântano do Sul, Tapera.

Unidades com atendimento de vacina:

Centro, Itacorubi, Monte Serrat, Abraão, Balneário, Capoeiras, Vila Aparecida, Canasvieiras, Ingleses, Saco Grande, Santinho, Santo Antônio de Lisboa, Armação, Costa do Pirajubaé, Lagoa da Conceição, Ribeirão da Ilha, Tapera.

Publicidade

7 Comentários

Publicidade
Publicidade