Publicidade
Segunda-Feira, 17 de Dezembro de 2018
Descrição do tempo
  • 32º C
  • 22º C

Sobrevivente de acidente na Via Expressa Sul continua internado em estado grave

Local do acidente que resultou em duas mortes exige atenção após batida danificar semáforo

Redação ND
Florianópolis
02/12/2018 às 19H17

O acidente grave que matou duas pessoas no amanhecer de sábado na Via Expressa Sul danificou o semáforo de retorno e exigiu atenção dos motoristas que vinham do Sul da Ilha em direção ao Aeroporto Internacional Hercílio Luz durante o fim de semana.  Único sobrevivente do acidente registrado no km 33,5 da rodovia, Yuri Gaspar, 26 anos, continua internado em estado grave na UTI do Hospital Governador Celso Ramos, em Florianópolis. 

Motoristas
Motoristas "negociam" cruzamento após semáforo ser danificado por acidente ao amanhecer de sábado - Foto: Flávio Tin/ND

De acordo com a PMRv (Polícia Militar Rodoviária), o veículo Golf com placas de Florianópolis  saiu da pista e capotou antes de bater em um poste, que depois caiu sobre o veículo. O acidente foi registrado às 5h30min no km 33,5 da Via Expressa Sul e matou o condutor do veículo, o professor de Química Diego Koji Fujita, 33 anos, e um dos passageiros, Gabriel Patrick Sousa de Brito, que completou 24 anos no sábado.

O corpo de Fujita foi velado neste domingo (2) na Capela Vaticano, no bairro Itacorubi. Já Yuri foi resgatado pelos socorristas do Corpo de Bombeiro e encaminhado ao Hospital Celso Ramos. Ainda neste domingo, o jovem sobrevivente recebeu a visita dos pais.

Além de derrubar o poste, a violência da colisão também danificou o semáforo de retorno para o motorista que vem do Sul da Ilha e precisa se deslocar para o Aeroporto Internacional Hercílio Luz. Sem o semáforo, os motoristas que precisavam se dirigir ao aeroporto tiveram dificuldades para fazer a manobra em segurança.

De acordo com a PMRv, o Deinfra (Departamento de Infraestrutura) já foi acionado para fazer a recuperação da sinalização semafórica.  A Diope (Diretoria de Operações do Sistema Viário) da prefeitura de Florianópolis também aguarda uma posição do Deinfra nesta segunda-feira para prestar apoio ao órgão estadual para recuperação do semáforo se necessário.  

Após o acidente, o trânsito ficou interrompido por 50 minutos para limpeza da pista e retirada do veículo. A PRMv sinalizou o local com cones, enquanto o poste foi colocado sobre o canteiro, chamando atenção de quem passa pelo trecho.

Publicidade

2 Comentários

Publicidade
Publicidade