Publicidade
Quarta-Feira, 14 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 30º C
  • 22º C

Sete presos fogem do Complexo Penitenciário da Agronômica, em Florianópolis

Roupas utilizadas pelos detentos já foram encontradas e as buscas continuam na região do Morro do Horácio

Redação ND
Florianópolis
26/06/2018 às 09H53

Sete presos fugiram por volta das 4h30 desta terça-feira (26) do Complexo Penitenciário da Agronômica, em Florianópolis. Segundo a Polícia Civil, os internos abriram um buraco na parede da cela, renderam e agrediram dois agentes que estavam de plantão no local.

Durante a ação, os internos levaram uma espingarda calibre 12 da unidade prisional e chegaram a disparar contra os agentes. Dois deles ficaram feridos. Outros sete presos que estavam na cela não participaram da fuga.

Segundo a Polícia Militar, a suspeita é que os foragidos tenham seguido para a região do Morro do Horácio. A PM cercou a região e encontrou roupas utilizadas pelos detentos. As buscas pelos foragidos continuam durante a manhã. 

No meio da manhã, a Secretaria de Estado de Justiça e Cidadania confirmou a fuga dos detentos. Segundo o órgão, os agentes feridos durante a ação já foram medicados e passam bem. "Todas as medidas legais e periciais já foram adotadas e a Corregedoria Geral da SJC já foi acionada para apurar as circunstâncias da fuga", disse a Secretaria, em nota.

Todos os foragidos eram presos provisórios e já foram identificados: Luiz Fontanve Ferreira Neto, de 25 anos, natural de Porto Alegre (RS); Maicon Antônio Machado, de 29 anos, natural de Palhoça; Leonardo Macedo, de 21 anos, natural de Foz do Iguaçu (PR); Rafael Matos dos Prazeres, de 19 anos, natural de São José; Marcos Aurélio dos Santos Marçal, de 22 anos, natural de Florianópolis; Jason André da Cruz, de 36 anos, natural de Florianópolis; Gabriel Antônio de Freitas, de 18 anos, natural de Porto União.

*Com informações da RICTV Record

Presos fugiram da penitenciária da Capital na madrugada desta terça - Reprodução/ND
Presos fugiram da penitenciária da Capital na madrugada desta terça - Reprodução/ND




Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade