Publicidade
Quarta-Feira, 19 de Setembro de 2018
Descrição do tempo
  • 27º C
  • 17º C

Serviço de coleta de lixo será normalizado até quinta-feira (6)

Atividades foram retomadas pela área central e serão estendidas aos bairros nesta quarta-feira (5)

Cristiano Rigo Dalcin
Florianópolis
04/09/2018 às 20H48

Depois de 30 horas de paralisação, os serviços de coleta de lixo foram retomados na tarde de terça-feira e estarão normalizados até quinta-feira (06). Em assembleia no final da manhã, os trabalhadores decidiram pala retomada das atividades, que começaram com recolhimento de lixo da área central da Capital.

Comcap - Comcap/Divulgação
Comcap - Comcap/Divulgação

Uma das principais reivindicações, a realização do concurso público, também foi assegurada pela prefeitura, mas para isso, o regime de contratação ainda precisa ser definido até outubro, e ser submetido a aprovação do Legislativo. O município entende que o regime precisa ser estatutário, mas o Sintrasem insiste no acordo coletivo e no plano de carreira vigentes.

“Há um questionamento, então abrimos um prazo para que se possa apresentar uma argumentação. Esse prazo vai até o final de outubro, quando se conclui esse estudo e encaminha o projeto para a Câmara de Vereadores”, relata o prefeito Gean Loureiro. Se o projeto for aprovado pelos vereadores, a prefeitura lançará o edital de concurso público na sequência.

Outras duas reivindicações também foram acordadas entre prefeitura e Sintrasem e estão relacionadas às condições de trabalho, com uniformes e EPIs (equipamentos de proteção individual). “Tudo isso já estava em processo licitatório. Já tínhamos uma programação de entrega e o que faltou talvez foi um detalhamento maior, que foi feito no dia de hoje e houve compreensão”, disse o prefeito. 

Assim, a Comcap (Companhia de Melhoramentos da Capital), que já havia comprado R$ 200 mil em uniformes e EPIs, irá entregar nos próximos dias mais uma aquisição de R$ 200 mil ainda em setembro, e outra, do mesmo valor, até o final do ano, totalizando R$ 600 mil. Diante do final da greve, o prefeito também reiterou o cunho político da paralisação. “Tudo que falamos ontem, apresentamos hoje. Nós simplesmente explicamos melhor. Não tinha nenhum motivo para ter paralisação ontem”, constatou.  

Ainda, conforme acordado com o sindicato, os trabalhadores não terão o dia de paralisação abonado e as horas extras que terão de ser feitas para normalizar o serviço não serão remuneradas. As atividades foram retomadas pela área central e serão estendidas para os outros roteiros a partir de quarta-feira.

Publicidade

1 Comentário

Publicidade
Publicidade