Publicidade
Quarta-Feira, 21 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 26º C
  • 17º C

Senador Paulo Bauer confirma pré-candidatura ao governo de SC e garante apoio a Alckmin

Partido terá candidato próprio à presidência da República e ao Governo do Estado. Senador avaliou o ano como difícil e destacou as novas regras e conceitos votados com as reformas

Michael Gonçalves
Florianópolis
01/12/2017 às 23H00

Em visita ao Grupo RIC, em Florianópolis, o senador Paulo Bauer (PSDB) confirmou nesta sexta-feira (1°) a sua pré-candidatura ao Governo do Estado e o apoio ao governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), à disputa pela presidência da República. Ainda de olho na disputa eleitoral de 2018, o senador confirmou que o PSDB vai desembarcar do governo Michel Temer (PMDB), mas ainda falta definir a melhor data.

Paulo Bauer disse que foi um ano difícil com a votação de reformas importantes e afirmou que a da Previdência também precisa ser aprovada. “Trabalhamos basicamente para recuperar a economia votante matérias importantes, com novas regras e conceitos. Conquistamos um grau de confiabilidade dos investidores e da gestão pública e, assim, aumentamos a geração de emprego, a inflação foi controlada e a redução dos juros reaqueceu a economia. Agora, a Câmara precisa votar a reforma da Previdência para que ela chegue ao senado, porque ela precisa ser aprovada no próximo ano ou no próximo governo”, informou.

O senador explicou que o PSDB esteve presente no momento de que o atual governo precisou de apoio para controlar a economia, após o impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT). Por outro lado, ele confirmou que o partido não é a continuidade do governo atual e que a proposta de governo para 2018 não será igual ao que estamos vivendo atualmente.

“Teremos candidato próprio à presidência e a governador em vários estados. Vamos desembarcar do Governo Federal, mas ainda estamos definindo a melhor data. Não sei se será no final deste ano, no início do ano legislativo ou no Carnaval, mas não deve escapar de uma destas datas”, comentou o senador.

Segundo Bauer, o PSDB em Santa Catarina tem mais 100 mil filiados, 40 prefeitos, 36 vice-prefeitos, quatro deputados estaduais, dois federais e dois senadores e, por isso, tem grandeza para ter um candidato ao cargo de chefe do executivo Estadual.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade