Publicidade
Quarta-Feira, 14 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 30º C
  • 22º C

Senado aprova atendimento específico no SUS em caso de violência doméstica

Texto já havia sido aprovado pela Câmara e agora segue para sanção do presidente Michel Temer

Folha de São Paulo
Brasília (DF)
07/03/2017 às 20H18
Proposta aprovada garante às vítimas tratamento médico, acompanhamento psicológico e cirurgias plásticas reparadoras - Arquivo/ND
Proposta aprovada garante às vítimas tratamento médico, acompanhamento psicológico e cirurgias plásticas reparadoras - Arquivo/ND


DANIEL CARVALHO

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - O Senado aprovou nesta terça-feira (7) um projeto de lei que determina atendimento especializado no SUS (Sistema Único de Saúde) para mulheres vítimas de violência doméstica e sexual.

O texto, que já havia sido aprovado pela Câmara, segue agora para sanção do presidente da República, Michel Temer.

A proposta aprovada garante às vítimas tratamento médico, acompanhamento psicológico e cirurgias plásticas reparadoras.

O texto original, de 2013, já havia sido aprovado pelo Senado naquele ano, mas sofreu alteração na Câmara.

A proposta original previa atendimento especial a vítimas de violência doméstica. Emenda dos deputados estendeu a proteção às vítimas de violência sexual. A alteração foi acolhida pelos senadores nesta terça.

O projeto foi elaborado pela CPMI (Comissão Parlamentar Mista de Inquérito) da Violência Contra a Mulher, que, em 2013, resultou em 13 proposições que visam garantir direitos de vítimas de agressão.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade