Publicidade
Quarta-Feira, 14 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 30º C
  • 22º C

Santa Catarina reduz em 83% a fila de espera para transplantes de córneas

Atualmente, 93 pessoas aguardam pelo procedimento no Estado

Redação ND
Florianópolis

Em dois anos, Santa Catarina reduziu em 83% o número de pacientes que aguardam em fila por um transplante de córneas. Em 2014, a Secretaria de Saúde do Estado somava 542 pessoas na espera pelo procedimento. Em janeiro de 2016, o número caiu para 93.  

Com os novos dados, o governo do Estado considera tecnicamente zerada a fila para o transplante.  Segundo o coordenador estadual da SC Transplantes, Joel de Andrade, no dia 15 de dezembro de 2015, seis doadores geraram 11 córneas, correspondendo a mais de 10% da lista atual. “Estes resultados permitem que qualquer cidadão catarinense que necessite do procedimento esteja transplantado em poucas semanas, o que significa que zeramos a fila por transplante de córneas”, comemora Andrade.

Ainda conforme o coordenador, o sistema estadual de transplantes se consolida como uns dos melhores da América Latina. Andrade afirmou que, durante o período, o Hospital Regional de São José aumentou de três a quatro vezes as taxas de doação de tecido ocular registradas na Grande Florianópolis, impactando positivamente outras regiões do Estado.

De acordo com o governo do Estado, há seis anos, Santa Catarina lidera o ranking nacional com o maior número de doadores de órgãos e tecidos. Atualmente, 18 pacientes aguardam transplantes de córnea na Grande Florianópolis. Na região do Meio Oeste são 10 pacientes; Nordeste, 48 e no Vale do Itajaí, 17.

Morte encefálica

O coordenador estadual da SC Transplantes, Joel de Andrade, também cita outro dado importante que contribuiu para o aumento dos transplantes: a doação de órgãos de pacientes com morte encefálica.  Atualmente, 35% das famílias dizem não para doação de órgãos. Em 2007, por exemplo, a negativa era de 70%. “Nossa meta é chegar a 15% de recusa familiar, o mesmo percentual da Espanha, país que seguimos como exemplo”, afirma.

Histórico das doações de tecido ocular por ano

2008 – 225

2009 – 382

2010 – 463

2011 – 472

2012 – 539

2013 – 648

2014 – 916

2015 – 767*

*Houve redução na faixa etária para a captação de tecido ocular para até 70 anos.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade