Publicidade
Terça-Feira, 18 de Dezembro de 2018
Descrição do tempo
  • 31º C
  • 22º C

Santa Catarina já teve 43 casos suspeitos de febre amarela notificados em 2018

Segundo novo boletim epidemiológico da Dive/SC, apenas um foi confirmado por critério laboratorial

Redação ND
Florianópolis
26/04/2018 às 19H40

A Dive/SC (Diretoria de Vigilância Epidemiológica de Santa Catarina) divulgou nesta quinta-feira (26) o décimo boletim sobre a situação epidemiológica da febre amarela, vigilância de epizootias de Primatas Não Humanos (macacos) e de eventos adversos pós-vacinação, em Santa Catarina. Entre 1º janeiro e 24 de abril, foram notificados 43 casos suspeitos de febre amarela no Estado. Desses, um foi confirmado por critério laboratorial e 42 foram descartados (17 pelo critério laboratorial e 25 pelo critério clínico epidemiológico).

Mosquito transmissor da febre amarela - Agência Brasil/ Divulgação
Mosquito transmissor da febre amarela - Agência Brasil/ Divulgação


O caso confirmado de febre amarela, divulgado em janeiro, é de um residente no município de Gaspar, com histórico de viagem para o município de Mairiporã/SP, o que caracteriza um caso importado.

Os dados das epizootias serão divulgados conforme a sazonalidade da doença e a padronização da Secretaria de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, para melhor comparabilidade dos dados com os demais estados da federação. Dessa maneira, será considerado o período de julho de 2017 a junho de 2018. No período de julho de 2017 a junho de 2018, foram notificadas 134 mortes e quatro adoecimentos de PNH em 40 municípios de Santa Catarina.

Do total de PNH acometidos, 51 (36,9%) tiveram a causa do óbito indeterminada (sem possibilidade de diagnóstico devido à ausência de coleta de amostras para análise), 55 (39,8%) foram descartadas por critério laboratorial (resultado negativo para febre amarela) e 32 (23,1%) permanecem em investigação.

Até o dia 24 de abril de 2018, o estado de Santa Catarina não registrou nenhuma epizootia confirmada por FA.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade