Publicidade
Quarta-Feira, 19 de Setembro de 2018
Descrição do tempo
  • 27º C
  • 17º C

Centro de Florianópolis acumula 812 ocorrências de furto neste ano

Levantamento da Polícia Militar também aponta que duas pessoas com mandado de prisão ativo são abordadas no Centro a cada três dias

Redação ND
Florianópolis
15/08/2018 às 20H33

Furtos e roubos nas ruas e nos estabelecimentos do Centro de Florianópolis têm preocupado moradores e pedestres que frequentam estabelecimentos da área. No último sábado (11), câmeras de segurança de uma loja registraram a ação de um grupo de mulheres, que furtou a carteira de uma cliente de dentro de sua bolsa, enquanto ela olhava alguns produtos. No mesmo dia, três pessoas procuraram a polícia para denunciar furtos ocorridos no mesmo bairro.

Câmera de segurança gravou momento em que grupo de mulheres furtaram bolsa de cliente - Reprodução/RICTV
Câmera de segurança gravou momento em que grupo de mulheres furtaram bolsa de cliente - Reprodução/RICTV


Segundo a Polícia Militar, apenas em julho foram denunciadas 81 ocorrências de furto no Centro da Capital. Destas, em 11 os criminosos foram presos em flagrante. Ao longo de 2018, já foram registradas 812 ocorrências do tipo. Os meses com o maior número de casos registrados foram janeiro e fevereiro, que contabilizam, respectivamente, 131 e 128 furtos.

O registro de boletins de ocorrência contribuiu com a estratégia de monitoramento aplicada nas ruas da cidade. “Isso é importantíssimo. Muitas vezes as pessoas não registram o B.O., que nos ajuda na mancha criminal”, afirma o vice-presidente do Conseg (Conselho Comunitário de Segurança) do Centro, Rodrigo Marques. “O boletim de ocorrência faz com que nós possamos tomar decisões de segurança pública para combater esse tipo de delito”, completa.

Marques garante ainda que é importante que as pessoas façam parte da Rede de Vizinhos da PM, pelo WhatsApp, e evitem dar esmolas. “O lugar mais seguro é onde as pessoas cuidam umas das outras”, afirma.

Só na área do Centro, em média, duas pessoas com mandado de prisão ativo são abordadas a cada três dias. Manter os próprios pertences à vista, portanto, é fundamental ao circular em locais de grande movimento. Como reforça a comandante da GMF (Guarda Municipal de Florianópolis), Maryanne Mattos, é crucial estar atento ao que está acontecendo a sua volta e ter certeza de que todos os compartimentos de bolsas e mochilas estão fechados.

Com informações da RICTV Record SC.

Publicidade

4 Comentários

Publicidade
Publicidade