Publicidade
Segunda-Feira, 12 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 28º C
  • 21º C

Radares da BR-101 começam a multar na sexta-feira

Na Grande Florianópolis, cinco equipamentos serão ativados na rodovia e outros 19 nas marginais

Alessandra Oliveira
São José

Na próxima sexta-feira (14), os radares instalados ao longo da BR-101 passarão a multar os motoristas que ultrapassarem a velocidade estabelecida em um dos 24 pontos onde estão os equipamentos desde março de 2014. Até quinta-feira os aparelhos funcionarão no modo educativo. A instalação foi realizada pela Autopista Litoral Sul e a fiscalização nos locais caberá à Polícia Rodoviária Federal.

Daniel Queiroz/ND
Velocidade máxima será de 80 km/h na rodovia, exceto no morro do Boi (60 km/h)


Faltam apenas alguns ajustes técnicos entre a PRF (Polícia Rodoviária Federal) e a ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres), para que os radares fixos passem a registrar a passagem de veículos acima da velocidade permitida, na BR-101.

Em sete pontos da rodovia o limite será de 80km/h e no morro do Boi, em Balneário Camboriú, a velocidade máxima sobre a pista será de 60km/h. Nas marginais o limite será de 60km/h e 40km/h em alguns pontos. Na Grande Florianópolis são cinco equipamentos sobre a rodovia e outros 19 nas paralelas.

Após o período chamado modo educativo, todos os veículos, incluindo motocicletas, serão multados quando ultrapassagem as regras de cada local.

Os pontos que receberam os redutores de velocidade entre agosto de 2013 e março de 2014, foram indicados pela ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres) e pela PRF. Para a escolha foram considerados a urbanização da área, condições climáticas nas imediações, (como alta incidência de chuva), proximidade de acessos e ainda o número de acidentes no local.

De acordo com a PRF o excesso de velocidade é responsável por 80% das mortes nas rodovias federais em SC. Os controladores deveriam ser ativados em fevereiro de 2014, mas serão somente agora. Segundo a Autopista Litoral Sul o período foi estendido por questões técnicas.

Enquanto os aparelhos não são ativados a PRF utiliza radares estáticos para flagrar os abusos, cada vez mais constantes na BR-101.  Somente na Grande Florianópolis trafegam em média 178.000 veículos diariamente, de acordo com a concessionária que administra em Santa Catarina a rodovia Mário Covas, a BR-101.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade