Publicidade
Domingo, 23 de Setembro de 2018
Descrição do tempo
  • 27º C
  • 18º C

Racha entre motos pode ter causado acidente com morte na Beira-Mar Norte, em Florianópolis

Camila Camargo, 31, morreu no local do acidente; professor da UFSC presenciou o acidente e diz que viu três motos fazendo racha

Colombo de Souza
Florianópolis
30/07/2017 às 21H12

Um racha entre três motocicletas pode ter sido a causa principal do acidente na avenida Beira-Mar Norte, em Florianópolis, sábado à  tarde (29), que matou Camila Camargo, 31, e deixou o piloto de uma moto BMW gravemente ferido. A moto subiu no canteiro,  invadiu a pista e colidiu em três veículos. A observação do racha é do professor da Ufsc (Universidade Federal de Santa Catarina) Darlei Dall’ Agnol, 52 anos.

“Naquela tarde eu caminhava pela Beira-Mar Norte e na altura da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) avistei três motos fazendo racha, inclusive a BMW onde estava a moça que morreu. As motos deviam estar entre 150km/h a 180km/h passando em zig zag entre os veículos. Eu falei isto para um major da PM que estava no local do acidente”, afirmou.  O piloto da motocicleta BMW continua em estado grave no Hospital Celso Ramos. Ele sofreu politraumatismo.

>> Mulher morre após grave acidente na avenida Beira-Mar Norte, em Florianópolis

De acordo com o boletim de ocorrência registrado na 5ª DP (Trindade) o piloto exalava forte odor etílico. Ele e Camila retornavam de Laguna e ao trafegar na Beira-Mar Norte, sentido Centro/bairro próximo a um supermercado, perdeu o controle da moto, subiu no canteiro, invadiu a pista colidiu em três veículos. As duas outras motos que estariam participando do racha seguiram em frente. 

O professor Dall’ Agnol disse, ainda, que se aproximou de Camila, que estava na garupa da moto, e constatou que naquele momento ela ainda respirava.  Logo em seguida chegaram uma viatura do Samu (Serviço Móvel de Urgência) e outra do Corpo de Bombeiros, além do helicóptero Arcanjo para os primeiros socorros no local. Camila não resistiu os ferimentos. Ela sofreu uma parada cardiorrespiratória. O piloto foi conduzido com vida para o Hospital Celso Ramos, onde permanece internado.

Publicidade

4 Comentários

Publicidade
Publicidade