Publicidade
Sábado, 17 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 28º C
  • 21º C

Quatro meses após virar réu, ex-deputado João Pizzolatti é notificado sobre processo

O político, que já teve o direito de dirigir suspenso, se envolveu em um acidente que deixou um homem gravemente ferido, em dezembro de 2017

Redação ND
Florianópolis
11/07/2018 às 21H22

O ex-deputado federal João Pizzolatti foi notificado de que está sendo processado por causa do acidente no qual ele se envolveu em dezembro de 2017, na rodovia Werner Duwe, que liga Blumenau a Pomerode. Na ocasião, um homem de 23 anos ficou gravemente ferido. A notificação foi entregue quatro meses após Pizzolatti virar réu no processo.

Pizzolatti é acusado pelo Ministério Público de tentativa de homicídio - Leandro Pinheiro/Governo de Roraima/Divulgação/ND
Pizzolatti é acusado pelo Ministério Público de tentativa de homicídio - Leandro Pinheiro/Governo de Roraima/Divulgação/ND


Pizzolatti não chegou a receber o documento em mãos. A notificação foi feita no seu local de trabalho, na Gerência Regional da Secretaria de Estado da Fazenda de Santa Catarina. O oficial de Justiça já havia feito quatro tentativas de encontrar o político – ele tentou localizá-lo até mesmo no sítio do ex-deputado, em Pomerode.

O prazo de dez dias para Pizzolatti apresentar a defesa prévia se encerra nesta semana. O ex-deputado já teve a suspensão do direito de dirigir e, por causa deste acidente, é acusado pelo Ministério Público de tentativa de homicídio.

O acidente ocorreu no dia 20 de dezembro. Pizzolatti dirigia uma caminhonete, que bateu de frente com um carro. O motorista do outro veículo, Paulo Marcelo Santos, de 23 anos, sofreu queimaduras graves e ficou internado por alguns meses no Hospital de Joinville. Ele continua fazendo o tratamento das lesões até hoje.

Na ocasião do acidente, Pizzolatti apresentava sinais de embriaguez. Ele foi atendido no local e levado ao Hospital Santa Isabel, em Blumenau, mas acabou deixando a unidade antes do atendimento ser concluído. Em um vídeo que circulou pelas redes sociais, ele admitiu ter ingerido bebida alcoólica antes de dirigir.

>> Ex-deputado federal Pizzolatti vira réu em processo de acidente de trânsito em Blumenau

Com informações da RICTV Record SC.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade