Publicidade
Sexta-Feira, 16 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 26º C
  • 19º C

PSD coloca condição para coligar com PP em Florianópolis

Partido Social Democrático quer coligação na eleição proporcional para indicar o professor Rodolfo Pinto da Luz como candidato a vice-prefeito

Michael Gonçalves
Florianópolis

A convenção do PSD de Florianópolis, sexta-feira à noite, na sede do diretório estadual, ficou na dependência de um posicionamento do PP. O presidente do diretório municipal, Pedro Bittencourt Neto, informou que três nomes foram apontados pelo partido para compor a chapa de vice-prefeito da candidata Angela Amim (PP). O vereador Roberto Katumi, o suplente a vereador Tiago Frigo e o ex-secretário de Educação Rodolfo Pinto da Luz foram os cogitados.

Bruno Ropelato/ND
PSD aguarda decisão do PP

 

“A executiva do partido esteve reunida na tarde dessa sexta-feira e decidiu pelo nome do professor Rodolfo Pinto da Luz, em virtude da sua história e da sua pré-candidatura a prefeitura. Apesar disso, o partido quer a coligação na eleição proporcional com o PP e não abre mão dessa situação”, comentou Pedro Bittencourt.

Assim que teve o seu nome divulgado como o escolhido pelo PSD, o professor Rodolfo Pinto da Luz não quis dar entrevista. Ele foi para a casa esperar a decisão do PP. “Poderemos ter outros encaminhamentos caso o PP não aceite a proporcional”, completou o presidente do diretório municipal.

Atualmente, o PSD ocupa cinco cadeiras na Câmara de Vereadores. O partido vai para a disputa com 14 candidatos a vereador, sendo 10 homens e quatro mulheres. O objetivo é manter o mesmo número de vereadores na próxima legislatura. 

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade