Publicidade
Domingo, 18 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 28º C
  • 21º C

Professores grevistas com plano de recuperação de aulas não terão desconto, promete Tebaldi

Decisão do secretário de Educação foi aprovada pelo governador Raimundo Colombo

Redação ND
Florianópolis

Segundo a Secretaria de Estado da Educação, os professores grevistas que voltaram ao trabalho e que apresentarem plano de recuperação de aulas, aprovado pelos diretores e gerências de Educação até sexta-feira (15), vão receber os 23 dias não trabalhados em folha suplementar. Estes dias haviam sido descontados na folha do mês passado. Também vão receber os dias parados deste mês normalmente no próximo pagamento da folha deste mês.

Já os professores que permanecem em greve não receberão os 23 dias em folha suplementar e terão os 30 dias de desconto este mês.

A decisão do secretário de Estado da Educação Marco Tebaldi, aprovada pelo governador Raimundo Colombo, se baseia no fato de que 80% dos professores já retornaram às escolas. “É mais uma demonstração de boa vontade, respeito e cumprimento de nossa palavra”, justifica o secretário Tebaldi.

O secretário Marco Tebaldi também assinou portaria para normatizar a contratação de professores ACT (Admitidos em Caráter Temporário) para substituir os grevistas que não voltarem ao trabalho.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade