Publicidade
Quarta-Feira, 14 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 30º C
  • 22º C

Professor indiciado na Ouvidos Moucos tem pedido negado para voltar à UFSC

A defesa do docente havia entrado com um mandado de segurança no TRF-4, mas o pedido foi recusado

Redação ND
Florianópolis
11/07/2018 às 11H42

O TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região) negou o pedido de um professor da UFSC (Universidade Federal de Santa Catarina), que foi indiciado na Operação Ouvidos Moucos, para voltar às atividades dentro da instituição.

O professor foi afastado com outros profissionais durante o indiciamento da operação. A defesa do professor havia entrado com um mandado de segurança no TRF-4 alegando que não há mais motivos para manter esse afastamento, já que todos os depoimentos foram tomados e todas as provas foram colhidas.

Mas o TRF-4 não entendeu dessa forma. A juíza em Segunda Instância também estendeu esse deferimento a outros cinco professores que estão na mesma condição. Eles não podem entrar na instituição e nem ocupar o cargo público.

A Ouvidos Moucos foi deflagrada pela Polícia Federal em setembro do ano passado e investiga supostos desvios de dinheiro público nos cursos de Educação a Distância que são oferecidas por meio do programa UniversidadeAberta do Brasil. O inquérito foi concluído e já está com o Ministério Público.  

* Com informações da RICTV Record

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade