Publicidade
Quinta-Feira, 19 de Julho de 2018
Descrição do tempo
  • 27º C
  • 18º C

Professor de educação infantil de Mondaí é preso por pedofilia em Florianópolis

Ele assediava meninas de oito a 13 anos via rede social

Karin Barros
Florianópolis

Um homem de 43 anos, identificado como Maurício, foi preso em flagrante no dia 26 de março em Canasvieiras, no Norte da Ilha, acusado de pedofilia. Ele exercia a profissão de professor de escolas infantis em Mondaí, no Oeste do Estado, e atualmente trabalhava em uma creche de Florianópolis.

De acordo com a Polícia Civil, o homem é suspeito de assediar 181 meninas de oito a 13 anos via redes sociais. Segundo relatos, ele pedia que enviassem fotos nuas e tinha diálogos impróprios com as crianças. As vítimas são de Mondaí e uma de São Paulo.

A Polícia Civil da Capital esteve na casa de Maurício em apoio à polícia do Oeste, que tinha decretado prisão preventiva do homem. No local, ele cedeu as senhas à PC, que apreendeu materiais com diversas conversas e fotos de cunho sexual. Tudo foi encaminhado ao Instituto Geral de Perícias, à cidade responsável pela investigação e para São Paulo. Em Florianópolis, Maurício atuava em uma creche no Sul da Ilha, mas nenhuma vítima foi caracterizada no local. 

Maurício foi afastado preventivamente das funções que exercia na cidade pela Justiça. Ele aguarda a transferência no Presídio de Florianópolis, em uma cela separada para casos como o de pedofilia. Segundo o delegado Eric Rosada, da Delegacia de Mondaí, a fiança de Maurício equivalia a R$ 7.888, mas ele disse que não tinha como pagar e continuou detido. 

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade