Publicidade
Quinta-Feira, 15 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 27º C
  • 20º C

Pró-cidadão terá mudança de endereço e prefeitura prevê economia, em Florianópolis

As mudanças de endereço do Pró-cidadão e IPUF irão resultar na redução de alugueis, segundo município

Redação ND
Florianópolis
21/06/2017 às 20H22

O local onde funciona o Pró-cidadão, na esquina das ruas Tenente Silveira e Arcipreste Paiva, no Centro de Florianópolis, precisará ser reformado por problemas estruturais. Após laudo emitido pela Defesa Civil, foi estabelecida a necessidade de recuperar o prédio. Por causa disso, o órgão será realocado para a avenida Mauro Ramos, número 224.

Devido à mudança, segundo a Prefeitura de Florianópolis, a administração municipal conseguiu a redução do aluguel do espaço, que era de R$ 100 mil (até o final de 2016), para R$ 30 mil, e cerca de R$ 13 mil referentes às despesas de condomínio. Essa e outras mudanças resultarão, conforme o município, em uma economia de R$ 9 milhões em quatro anos de gestão.

Pró-cidadão funcionará na avenida Mauro Ramos até conclusão das reformas - Cristiano Andujar/PMF/Divulgação/ND
Pró-cidadão funcionará na avenida Mauro Ramos até conclusão das reformas - Cristiano Andujar/PMF/Divulgação/ND


O Pró-cidadão funcionará por tempo indeterminado no novo endereço, anteriormente ocupado pela secretaria de Assistência Social, enquanto durar a reforma do atual espaço. Ainda não há previsão para a mudança de local.

Outra mudança de local que auxiliará nas reduções de alugueis da prefeitura é a do IPUF (Instituto de Planejamento Urbano de Florianópolis). Daqui a duas semanas, o órgão passará a ocupar o mesmo local da secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano. O atual endereço, na Praça dos Bombeiros, no Centro, gera um custo de mais de R$ 650 mil por ano para os cofres municipais. O IPUF

Além disso, a prefeitura está elaborando o projeto da reforma da Passarela Nego Quirido, que passará a abrigar outras secretarias. O espaço vai passar por uma reestruturação da rede lógica para poder abrigar parte da administração municipal e e diminuir as despesas dos cofres públicos.

Publicidade

2 Comentários

Publicidade
Publicidade