Publicidade
Segunda-Feira, 19 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 24º C
  • 18º C

Presente em 100 municípios de SC, Rede de Vizinhos da Polícia Militar completa dois anos

Iniciativa é resultado de parceria entre a polícia e a comunidade, e visa incentivar a vigilância compartilhada e a cooperação entre moradores

Redação ND
Florianópolis
10/08/2018 às 23H00

Com o objetivo de aumentar a vigilância pela vizinhança de cada bairro em todos os municípios do Estado, a Rede de Vizinhos da PMSC (Polícia Militar de Santa Catarina) completa dois anos de institucionalização nesta sexta-feira (10). O programa já está consolidado em 100 municípios de Santa Catarina e atende mais de 60 mil casas e comércios. Promovendo uma estratégia de prevenção, a rede fortalece os vínculos da comunidade, além de incentivar a vigilância compartilhada e a revitalização de espaços urbanos.

Divulgação do serviço é feita nas reuniões dos Conselhos de Segurança Comunitários - Flávio Tin/ND
Registro da divulgação do serviço, nos primeiros meses do projeto, durante reuniões dos Conselhos de Segurança Comunitários - Flávio Tin/Arquivo/ND


Outro diferencial foi a adoção do WhatsApp como forma de comunicação, o que potencializou as interações entre os cidadãos e vem garantindo à Polícia Militar o atendimento mais imediato às demandas de segurança. Em Florianópolis, 9.191 pessoas fazem parte da rede. Já o grupo que abrange os municípios de São José, Palhoça, Biguaçu e Santo Amaro da Imperatriz inclui 6.114 pessoas.

A Rede de Vizinhos da PMSC é uma estratégia de policiamento, em que uma rede organizada entre a comunidade e a Polícia Militar, pautada na filosofia de Polícia Comunitária, reúne vizinhos de uma determinada localidade para que eles atuem em cooperação, fomentem parcerias e fortaleçam as relações interpessoais. Segundo a PMSC, a metodologia adotada permite que o projeto funcione em comunidades com diferentes contextos socioeconômicos.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade