Publicidade
Quarta-Feira, 21 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 26º C
  • 17º C

Prefeitura de Florianópolis lança novo edital para aluguel de bicicletas compartilhadas

Discutido desde 2012, projeto Floribike tem edital lançado novamente com condições mais atrativas para empresas, segundo prefeitura

Redação ND
Florianópolis
13/07/2018 às 16H09
Ciclistas - Divulgação/RICTV
Floribike está em discussão em Florianópolis desde 2012 - Divulgação/RICTV


A Prefeitura de Florianópolis lançou o edital para as empresas que interessadas em oferecer o serviço de aluguel de bicicletas compartilhadas, nesta quinta-feira (12). O projeto Floribike vem sendo discutido desde 2012. De acordo com a prefeitura, técnicos do município estudaram a melhor maneira para atrair empresas que possam disponibilizar o serviço ao público da Capital e região. Há anos são feitas tentativas de licitação para que o projeto seja viabilizado, porém não apareceram interessados - empresas alegam que as condições não eram atrativas e gerariam prejuízos.

O edital ressalta que a concessão para explorar o serviço de transporte, com menor emissão de carbono sendo uma solução sustentável, vai englobar entre outras a operação de melhorias da atividade, manutenção, execução de serviço de implantação compreendendo pontos de aluguel, estações, bicicletas e suportes. A partir de agora, toda a estrutura de estações e bicicletas poderá ser utilizada para fazer publicidade pelo vencedor do processo de licitação na modalidade concorrência, tipo técnica e preço.

Implantação e regiões com serviço

No terceiro edital lançado pela prefeitura em dezembro de 2017, houve redução de 85 para 25 no número de pontos de compartilhamento de bicicletas com o objetivo de conseguir investidores interessados em participar do processo. O número permanece o mesmo desde então, sendo 15 veículos voltados ao público adulto, e 10 mistas, com a utilização de crianças e adultos. Ao todo, serão disponibilizadas 300 bicicletas (250 para o uso adulto e 50 infantis). Haverá em cada estação, um mínimo de 10 bicicletas e 15 suportes que servirão como estacionamentos de veículos.

Presente em outras capitais mundiais e brasileiras, o objetivo do serviço é incentivar a utilização do veículo e criar uma alternativa ao transporte coletivo visando a melhoria da mobilidade urbana na Capital. De acordo com o secretário de Mobilidade Urbana de Florianópolis, Marcelo Roberto da Silva, o usuário poderá desbloquear a bicicleta cadastrada e utilizá-la ao longo do período.

A intenção inicial é atender três áreas da cidade: a Bacia do Itacorubi (contemplando os bairros Santa Mônica, Itacorubi, Córrego Grande e Trindade), Beira-Mar Continental e Coqueiros, e a região central.

As empresas que se interessarem na participação do processo licitatório devem apresentar as propostas até dia 28 de agosto, às 13h50. Os envelopes serão abertos às 14h do mesmo dia.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade