Publicidade
Terça-Feira, 20 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 25º C
  • 16º C

Prefeitos do Vale do rio Tijucas voltam a pedir guarnição especial da Polícia Militar

Região é alvo constante de roubos, assaltos e tem efetivo reduzido de policiais

Brunela Maria
Tijucas
24/11/2017 às 10H16

Com a demora do Estado em autorizar a constituição de uma guarnição especial da Polícia Militar em Tijucas, os prefeitos da região pediram o apoio de parlamentares da base de sustentação do governo. Os recentes ataques à delegacias de polícia, o confronto com traficantes na comunidade do Jardim Progresso, os constantes furtos e arrombamentos foram as justificativas apresentadas aos deputados Gelson Merísio (PSD), Gabriel Ribeiro (PSD) e Darci de Matos (PSD). Participaram do encontro o prefeito de Tijucas, Elói Mariano Rocha (PSD), de São João Batista, Daniel Netto Cândido (PSD), de Nova Trento, Gean Voltolini (PP) e de Major Gercino, Valmor Pedro Kammers (PSDDB), além de vereadores.

Mais de 180 policiais ocuparam o bairro na quinta-feira passada - Divulgação/PM/ND
Comunidade Jardim Progresso foi palco de confronto recente com traficantes - Divulgação/PM/ND


“A região conta com uma economia diversificada que atrai milhares de pessoas para nossas cidades. Com a guarnição contaremos com recursos materiais e de pessoal equiparados aos de grandes cidades e elevaremos os serviços em prol da segurança do Vale”, defendeu o prefeito de São João Batista.

A partir da elevação da 3º Companhia da PM à condição de Guarnição Especial, a área se torna ria autônoma para o comando do policiamento nos municípios da região, não necessitando dividir recursos com Balneário Camboriú. Ficou acertado que a bancada vai solicitar um novo encontro ao governador, Raimundo Colombo (PSD), com a presença das polícias civil e militar.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade