Publicidade
Sexta-Feira, 25 de Maio de 2018
Descrição do tempo
  • 21º C
  • 14º C

Prefeito da Capital envia ofício ao sindicato dos servidores para negociação nesta quinta

Comissão da prefeitura irá receber o Sintrasem para discutir data-base e, em troca, pede fim da greve do serviço público; principal embate, projeto da organizações sociais foi sancionado na quarta

Redação ND
Florianópolis
26/04/2018 às 12H19

A continuidade da greve mantém o atendimento prejudicado em diversas unidades de saúde - Marco Santiago/ND
Greve dos servidores em Florianópolis chega ao 16º dia nesta quinta-feira - Marco Santiago/ND


O prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro (PMDB), enviou ofício ao Sintrasem (Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal de Florianópolis) para reunião na tarde desta quinta-feira (26), às 14h. O intuito é iniciar as negociações da data-base 2018 dos trabalhadores, e o Executivo pede em troca o fim da greve, que chega ao 16º dia. O sindicato confirmou que irá participar da mesa.

Conforme o documento, os servidores serão recebidos por uma comissão da prefeitura formada por membros da Secretaria de Administração, Casa Civil, Saúde e Assistência Social.

“No entanto, dado esse gesto de boa vontade do município, o executivo também pede um gesto do sindicato sob a seguinte proposta: ‘a comissão do município estará disponível para negociação também durante o final da semana. Diante disso, o executivo propõe que até a próxima segunda-feira, 30 de abril, se encerrem as discussões da data-base 2018, sob pena de os munícipes continuarem sem o acesso a saúde e educação por conta de uma discussão prolongada’”.

Caso as discussões não se encerrem até esta data, a prefeitura pede que o sindicado se comprometa em sugerir a suspensão da greve. A próxima assembleia da categoria está marcada para as 13h desta sexta-feira (27).

Prefeitura sanciona lei que gerou greve

Na noite de quarta-feira (25), Gean Loureiro sancionou a lei 10.372, que institui no município o programa intitulado Creche e Saúde Já. O projeto, que abre espaço para administração de organizações sociais em serviços públicos na Capital, foi o que levou os trabalhadores a iniciar a greve.

Documento foi enviado ao Sintrasem nesta quinta-feira - PMF/Divulgação
Documento foi enviado ao Sintrasem nesta quinta-feira - PMF/Divulgação

Negociações da data-base 2018 estão condicionadas ao fim da greve - PMF/Divulgação
Negociações da data-base 2018 estão condicionadas ao fim da greve - PMF/Divulgação


Balanço dos serviços nesta quinta-feira (26)

EDUCAÇÃO

Das 88 unidades infantis (creches, NEI's independentes e NEI's vinculados):

Atendimento normal: 8

Atendimento parcial: 61

Em greve: 19

Das 36 unidades de ensino fundamental:

Atendimento normal: 2

Atendimento parcial: 14

Em greve: 20

SAÚDE

UPA Norte e UPA Sul apenas com atendimentos de urgência e emergência. 

Consultas Médicas
Das 49 unidades, 25 realizam atendimento médico. Unidades que estão realizando consulta médica: Agronômica, Centro, Córrego Grande, Itacorubi, João Paulo, Balneário, Coloninha, Coqueiros, Monte Cristo, Sapé, Vila Aparecida, Canasvieiras, Ingleses, Jurerê, Rio Vermelho, Santinho, Vargem Pequena, Armação, Caieira da Barra do Sul, Costa da Lagoa, Costeira do Pirajubaé, Lagoa da Costeira, Morro das Pedras, Pântano do Sul, Rio Tavares.

Vacina
Das 49 unidades, 22 disponibilizam serviço de vacina. Unidades com atendimento de vacina: Centro, Córrego Grande, Itacorubi, Monte Serrat, Balneário, Capoeiras, Monte Cristo, Sapé, Vila Aparecida, Barra da Lagoa, Canasvieiras, Ingleses, Jurerê, Ponta das Canas, Ratones, Rio Vermelho, Saco Grande, Carianos, Costeira do Pirajubaé, Lagoa da Conceição, Morro das Pedras, Rio Tavares.

Farmácia
Das 49 unidades, 27 disponibilizam serviço de farmácia. Unidades com farmácia aberta: Córrego Grande, João Paulo, Abraão, Capoeiras, Coqueiros, Monte Cristo, Novo Continente, Sapé, Aparecida, Barra da Lagoa, Canasvieiras, Jurerê, Ponta das Canas, Rio Vermelho, Armação, Caieira da Barra do Sul, Campeche, Carianos, Costa da Lagoa, Costeira do Pirajubaé, Fazenda do Rio Tavares, Lagoa da Conceição, Morro das Pedras, Pântano do Sul, Ribeirão da Ilha, Rio Tavares e Tapera.

Orientação
A orientação da Secretaria Municipal de Saúde é para que o usuário que precisa de alguma medicação ou vacinação entre em contato com sua unidade de saúde. Em função da greve, o atendimento pode ser alterado a qualquer momento.

Publicidade

5 Comentários

Publicidade
Publicidade