Publicidade
Domingo, 16 de Dezembro de 2018
Descrição do tempo
  • 31º C
  • 23º C

Praias de Florianópolis receberão mais 17 chuveiros gratuitos

O número de chuveiros aumentará de 26 para 43, com objetivo de atender a alta demanda

Andréa da Luz
Florianópolis
15/11/2018 às 20H44

Chuveiros gratuitos estão sendo instalados pela Prefeitura de Florianópolis nas praias e na avenida Beira-Mar Norte para a temporada de verão. Segundo a superintendência de Turismo da Capital, o número aumentará de 26 para 43 equipamentos, com objetivo de atender a alta demanda. De acordo com o superintendente Vinicius de Lucca Filho, a previsão de início de funcionamento é dia 1º de dezembro. Em alguns locais, como a Beira-Mar Norte, a Casan já fez a ligação e as pessoas podem usar os chuveiros.

Praia da Armação, no Sul da Ilha, já recebeu o chuveiro mas falta a ligação da Casan - Marco Santiago/ND
Praia da Armação, no Sul da Ilha, já recebeu o chuveiro mas falta a ligação da Casan - Marco Santiago/ND

A ideia de instalar novos equipamentos surgiu após a realização de uma pesquisa entre turistas e moradores que reclamaram da falta de estrutura nas praias da Capital. As duchas, que funcionam com energia solar e utilizam água tratada, fazem parte de um projeto piloto que poderá ser estendido, permitindo a utilização durante o ano inteiro.

No Sul da Ilha, os bairros Açores e Armação já receberam os equipamentos, mas a ligação da água ainda não foi feita. Por isso, os banhistas que aproveitam o feriado da Proclamação da República ainda não podem desfrutar do banho de água doce após o mergulho no mar.

A moradora do Ribeirão da Ilha, Karen dos Santos Godinho, 26 anos, aproveitou o dia de sol e calor na praia da Armação, nesta quinta-feira (15), junto com a mãe, o marido e o filho Yuri, de 6 anos. A família aguarda a hora em que poderá usar o chuveiro. "Será muito bom ter chuveiros na praia, é ótimo tomar um banho depois que a gente sai do mar", disse.

Karen dos Santos Godinho aproveita a praia da Armação com o filho Yuri (6) e a mãe Carla dos Santos - Marco Santiago/ND
Karen dos Santos Godinho aproveita a praia da Armação com o filho Yuri (6) e a mãe Carla dos Santos - Marco Santiago/ND

A auxiliar de cozinha Carla dos Santos, mãe de Karen, mora na Armação há quatro anos e diz que desde que chegou de Porto Alegre (RS) sentia falta dos chuveiros nas praias. "Fazia falta esse chuveirinho. Tem muita gente que vem de ônibus e quer tirar a areia do corpo antes de embarcar e voltar para casa", afirmou.

Com um calor de 30ºC, as praias recebem grande quantidade de banhistas e turistas neste feriadão. O casal Cintia Luz e Wellington Mello veio da capital paulista para aproveitar os dias de folga, que por lá se estendem até a terça-feira (20), Dia da Consciência Negra. "Chegamos há apenas duas horas e estamos adorando, essa praia é linda, mas a água é muito fria. Eu não sei como as pessoas estão lá na água agindo normalmente", disse Wellington.

Cíntia Luz e Wellington Mello vieram de São Paulo para passar o feriadão na Ilha - Marco Santiago/ND
Cíntia Luz e Wellington Mello vieram de São Paulo para passar o feriadão na Ilha - Marco Santiago/ND

A instalação de chuveiros faz parte da Operação Verão 2018/2019, lançada no mês passado, e que envolve mais de 8.000 pessoas de diversas secretarias e órgãos municipais. O objetivo é deixar a cidade preparada para receber turistas e moradores que frequentam as praias.

Outras ações dentro dessa operação envolvem a preparação para as festas de final de ano (Natal e Ano-Novo), Carnaval, intensificação da segurança e manutenção dos balneários, creches abertas no verão, reforço na equipe médica, na fiscalização, nas intendências e na Comcap.

Recuperação dos postos salva-vidas

Dos quatro postos de salva-vidas incendiados entre os meses de maio a julho deste ano, um já foi reconstruído. A unidade fica na Praia do Caldeirão, no Morro das Pedras, onde o posto anterior havia sido queimado em 16 de julho. A sua abertura deve acontecer em 1º de dezembro.

Segundo o comandante do GBS (Grupo de Busca e Salvamento) do Corpo de Bombeiros, capitão Bruno Azevedo Lisboa,  a unidade do Campeche que está sendo feita em alvenaria deve ser entregue em dez dias. Por fim, os postos de Areias do Campeche e do Ponto da Cruz, entre o Rio Tavares e Novo Campeche, ainda estão em obras, mas devem ser concluídas até o dia 1º de dezembro.

Por enquanto, a corporação trabalha com 30% a 40% do efetivo e apenas nos postos centrais, mas a grande maioria das unidades de salva-vidas deve entrar em operação a partir de 1º de dezembro. "Apenas algumas unidades em praias mais calmas no Norte da Ilha, como Jurerê, Ponta das Canas e Cachoeira do Bom Jesus devem abrir os postos a partir do dia 15 de dezembro, quando começa a Operação Veraneio", esclarece o capitão Bruno.

Na praia da Armação, onde três salva-vidas trabalhavam, nenhuma ocorrência havia sido registrada durante esta quinta-feira (15).

Publicidade

1 Comentário

Publicidade
Publicidade