Publicidade
Terça-Feira, 11 de Dezembro de 2018
Descrição do tempo
  • 30º C
  • 20º C

Por unanimidade, PP lança a candidatura de Esperidião Amin ao Governo de Santa Catarina

Convidado para compor a chapa como vice, o deputado João Paulo Kleinübing (DEM) disse abrir mão da candidatura para fortalecer a coligação. Apesar disso, PP mantém a esperança de coligar com o PSD

Michael Gonçalves
Florianópolis
28/07/2018 às 15H11

“Não foi por birra ou projeção pessoal, mas para atender a vontade do meu partido”. Essa foi a justificativa do deputado federal Esperidião Amin, que neste sábado (28) confirmou a sua quinta candidatura ao Governo de Santa Catarina após a convenção do PP (Partido Progressista), na Alesc (Assembleia Legislativa de Santa Catarina), em Florianópolis. O deputado federal João Paulo Kleinübing (DEM), que foi convidado para ser o vice-governador nesta chapa, participou da convenção e disse que coloca a sua candidatura à disposição, se for para fortalecer a coligação. Também participaram da convenção do PP, o vice-presidente Estadual do PV, Fábio Botelho, e o coordenador Estadual do Patriota, Maurício Leal.

Esperidião Amin é lançado candidato ao Governo de Santa Catarina - Daniel Queiroz/ND
Esperidião Amin é lançado candidato ao Governo de Santa Catarina - Daniel Queiroz/ND



Apoiando o projeto do PSD de Gelson Merisio desde 2017, Amin afirma que não houve uma quebra de acordo. “O PSD tem as portas abertas, porque o impasse que determinou esta decisão não foi uma quebra de acordo. O Merisio não pode aceitar o convite de ser o nosso vice, em função dos compromissos assumidos com outros partidas. A busca pelo entendimento ainda não acabou, mas ela sofre este obstáculo pelo entendimento do nosso parceiro natural. Nunca disse que apoiaria o Gelson Merisio, porque precisamos apoiar quem está mais bem posicionado pelas pesquisas que apontam a vontade popular”, afirma o candidato.

Amin disse também que respeita a vontade do PSDB, mas afirmou que continua aberto a conversa. A diferença do cenário atual é que, agora, o PP tem candidato ao Governo do Estado. O deputado federal tomou a decisão de disputar o cargo do executivo estadual mais uma vez em função das pesquisas de intenção de voto, que apontam a vantagem do ex-governador diante dos candidatos e pré-candidatos de partidos próximos ao PP.

A prioridade da campanha de Amin será a educação. “O ensino médio precisa ter prioridade, porque a juventude tem as maiores tentações e dúvidas sobre a vida. É neste momento que precisamos fortalecer este elo que é o mais fraco na educação do Brasil, que poderá transformar a sociedade. Também vamos utilizar de indicadores para investir na saúde, segurança, infraestrutura e proteção ao meio ambiente”, promete.

Esperidião Amin foi governador de Santa Catarina em dois períodos, de 1983 a 1986 e de 1999 a 2002.

Publicidade

4 Comentários

Publicidade
Publicidade