Publicidade
Segunda-Feira, 12 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 28º C
  • 21º C

Políticos repercutem ranking da Folha de S.Paulo sobre eficiência dos estados

Ex-governador Raimundo Colombo (PSD) disse por meio das redes sociais que o resultado é "reconhecimento que dá força para continuar lutando"

Folha de São Paulo
São Paulo (SP)
19/08/2018 às 19H33

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Políticos dos estados mais bem avaliados pelo REE-F (Ranking de Eficiência dos Estados - Folha) usaram os resultados do levantamento para exaltar seus feitos em meio ao cenário eleitoral.

Raimundo Colombo (PSD), ex-governador de Santa Catarina e também candidato ao Senado, disse por meio das redes sociais que o resultado é "reconhecimento que dá força para continuar lutando". "Isso mostra o trabalho de cada catarinense e o sentimento de que nós no governo fizemos a nossa parte".

Governador Raimundo Colombo - Daniel Queiroz/ND
Ex-governador Raimundo Colombo comentou os resultados em rede social - Daniel Queiroz/ND


Quem também usou as redes para comemorar o resultado foi Beto Richa (PSDB), que deixou o governo do Paraná - 3º na lista - para concorrer a uma vaga no Senado.

"Somos exemplo de gestão e nossa população ganha em qualidade de vida".

Também via rede social, Paulo Câmara (PSB), candidato à reeleição ao governo de Pernambuco, celebrou que o estado é o único do Nordeste a aparecer entre os cinco considerados eficientes pelo ranking - é o quarto da lista.

O ranking O REE-F é uma ferramenta inédita lançada pela Folha de S.Paulo e pelo Datafolha. Ela mostra quais estados entregam mais educação, saúde, infraestrutura e segurança à população utilizando o menor volume de recursos financeiros.

O levantamento considera 17 variáveis agrupadas em 6 componentes para calcular a eficiência na gestão dos 26 estados e detalha ainda a situação das finanças de cada um deles.

Santa Catarina, São Paulo, Paraná, Pernambuco e Espirito Santo lideram o ranking e obtiveram selo de "eficientes" por terem ultrapassado 0,50 no índice (numa escala de 0 a 1).

O objetivo do REE-F é quantificar o cumprimento, pelos governos estaduais, de funções básicas e previstas em lei segundo seus recursos financeiros.

Publicidade

1 Comentário

Publicidade
Publicidade