Publicidade
Quarta-Feira, 26 de Setembro de 2018
Descrição do tempo
  • 25º C
  • 19º C

Policiais apreendem em SC 6,8 toneladas de pinhão que seria vendido irregularmente

Carga foi colhida e transportada fora do período permitido pela lei, que começa no dia 1º de abril

Redação ND
Florianópolis
29/03/2017 às 20H36

A Polícia Militar Ambiental apreendeu na manhã da última sexta-feira (24) 6,8 toneladas de pinhão em Santa Catarina. A carga seria vendida irregularmente, visto que a colheita, o transporte e a comercialização da semente são proibidos antes do dia 1º de abril. A apreensão foi realizada por doze policiais da 1ª Companhia do 1º Batalhão da Polícia Militar Ambiental, de Florianópolis, que realizaram a operação após receberem uma denúncia.

Os pinhões serão destinados a instituições escolares e assistenciais da Grande Florianópolis - PM/Divulgação/ND
Os pinhões serão destinados a instituições escolares e assistenciais - PM/Divulgação/ND


A lei estadual que regulamenta a colheita e a venda do pinhão, de nº 15.457, é válida desde 17 de janeiro de 2011. Os infratores receberam um AIT (Auto de Infração Ambiental) e responderão administrativamente pela conduta. O pinhão apreendido será doado para instituições escolares e assistenciais da Grande Florianópolis, onde servirá como reforço alimentar.

Em Santa Catarina, a colheita do pinhão pode ocorrer até meados de julho. Ela acontece principalmente no Planalto Norte e se estende até a Serra. O período de colheita é restrito para preservar tanto as araucárias como as aves e animais que se alimentam das pinhas. Os animais, por exemplo, transportam e armazenam as sementes, o que colabora com a criação de novas araucárias.

Publicidade

1 Comentário

Publicidade
Publicidade